Esporte News

Vitória recebe o Sport e espera encerrar jejum de triunfos em casa

Com uma campanha impecável como visitante no returno do Campeonato Brasileiro, com cinco vitórias em cinco confrontos fora de casa, o Leão tem demonstrado vigor de sobra para conquistar o mando de campo alheio.


Em contrapartida, essa vontade de caçar os pontos longe de Salvador teve um custo, que foi deixar a sua toca desprotegida. No Barradão, foram duas derrotas e dois empates neste mesmo período.

Nesta quinta-feira, 12, às 17h, o Vitória tenta retomar seu território diante de um Sport que precisa somar pontos fora de casa para se manter vivo no Brasileirão.

O Leão da Barra tenta quebrar o estigma de pior mandante do campeonato, enquanto o Leão da Ilha amarga a quarta pior campanha como visitante – e vem de péssimo momento, de nove partidas sem vencer.

“Nós vamos enfrentar o Sport, que é um time que iniciou muito bem o campeonato e depois teve uma queda. Mas é o Sport, de tanta tradição, time rival do Vitória na região Nordeste, assim como outras equipes. Então é um clássico, é um jogo muito difícil. Temos que tomar todo cuidado porque o Sport é um time recheado de bons jogadores e há a necessidade de o Vitória se impor dentro de casa”, disse o técnico Vagner Mancini.

Não tão perto

Ainda que no somatório de pontos os dois Leões não estejam muito distantes – o baiano soma 32, enquanto o pernambucano tem 30 – o momento é bem diferente para cada um.

O Vitória vem de uma reação no campeonato e tem conquistado resultados expressivos, ainda que não tenha sido capaz de convencer dentro de casa. Conseguiu, pela primeira vez, ficar duas rodadas fora da zona de rebaixamento.

Já o Sport começou o Brasileirão na parte de cima da tabela, brigando por uma vaga na Libertadores. Porém, enfrentou uma sequência de resultados ruins e terminou a última rodada em 17º lugar, como o primeiro time na zona de rebaixamento.

E o recorte fora de casa é o pior possível para o Sport: foram só 10 pontos somados longe da Ilha do Retiro.

Ciente de que o Vitória ainda necessita se impor e voltar a ganhar dentro de casa, Mancini acredita que o desempenho do Leão baiano precisa ser bom independentemente do mando de campo. Mas reconhece que o Barradão pode fazer a diferença.

“O Barradão joga junto a partir do momento em que o torcedor joga junto. Mas o Barradão não faz gol. Apesar de não estarmos vencendo em casa, a campanha, a somatória de pontos, é boa. Não estou focado se é dentro ou fora de casa, mas quero uma média de dois pontos por jogo, que é o que a gente vem conquistando. Fizemos 20 pontos. E é dessa forma que vamos nos afastar dessa situação incômoda em que estávamos”, finalizou.

Atarde