Esporte News

Mancini pede que torcida não jogue a toalha

Perder para um adversário direto na luta contra o rebaixamento, em pleno Barradão, e ainda cair uma posição e voltar à vice-lanterna da Série A é decepcionante. O técnico do Vitória, Vagner Mancini, sabe disso, mas pediu que ninguém jogue a toalha. Faltam 18 rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro.


“Não obtivemos o resultado, mas lutamos muito. O torcedor quer ver isso, e isso que eu cobro dos atletas. Natural que saia chateado. Mas não podemos jogar a toalha, achar que esse resultado determina alguma coisa. Temos que correr mais contra o Corinthians”, disse o treinador. Depois de perder do Avaí por 1x0 no último sábado, o Leão vai a São Paulo para enfrentar o líder Corinthians no próximo.

O rubro-negro vai contar com reforços diante do time paulista. Wallace e Yago, que cumpriram suspensão, voltam e mandam Bruno e Patric para o banco. Durante a semana, o departamento médico do clube vai avaliar a situação de Willian Farias, que voltou a sentir um desconforto no joelho, e de Fred, que já está em fase de recuperação física.

Segundo Mancini, os reforços serão fundamentais para que o Leão entre fortalecido. “Temos atletas lesionados que estarão de volta. Temos atletas ainda para jogar, que não jogaram comigo. Isso é um ganho. Quando Farias e Fred voltarem, são reforços. O elenco não é grande, então em alguns momentos a gente sente dificuldade quando perde um ou dois atletas. Faz falta. Até porque, se está em situação difícil no campeonato, onde qualquer detalhe joga contra, é importante ter o exército inteiro”, completou. O elenco se reapresenta na segunda-feira (13), na Toca.