Esporte News

Garantido na Série D 2018, Conquista não deve jogar a Copa Estado

Atual campeão da Copa Governador do Estado, o Vitória da Conquista não deve defender seu título nesta temporada. A informação foi reafirmada pelo presidente do clube conquistense, Ederlane Amorim.


Segundo o dirigente, o principal fator para se participar deste torneio é o fato de haver a garantia de disputar uma competição nacional no ano seguinte. No entanto, por já ter conseguido essas vagas, o Bode provavelmente não defenderá o título do campeonato, também chamado de Campeonato Baiano do Interior Sub-23, e que terá início em outubro.

“Não deveremos participar. É muito difícil. É uma competição que demanda muitos custos. Nós não sabemos nem se dará uma vaga em torneio nacional. E, mesmo que dê, já conquistamos essas vagas”, justificou.

Ederlane também não esqueceu de comentar o acesso da Juazeirense. No elenco do Cancão, estavam alguns jogadores que atuaram no Conquista nesta temporada – os zagueiros Sílvio e Emílio, o goleiro Rodolplho, o lateral Fieta, o meia Kléber e o atacante Rayllan. Para o mandatário, a classificação do clube de Juazeiro valoriza o futebol baiano. “Ficamos muito felizes. Estávamos precisando de um acesso desse. Hoje, podemos dizer que a Juazeirense é a terceira força. Teremos que trabalhar muito para voltamos a sermos terceira ou até a quarta força do estado. Mérito total deles. É uma campanha irretocável. Temos que parabenizar. Isso melhora nosso ranking”, pontuou.

Atualmente, o time sub-20 do Conquista disputa o Campeonato Intermunicipal e lidera o grupo 14 do certame, com seis pontos em dois jogos.

BNotícias