Esporte News

Petkovic é demitido do Vitória

Petkovic não é mais diretor de futebol do Vitória. O sérvio, que chegou ao clube no dia 3 de maio, foi demitido nesta segunda-feira (24) pelo presidente em exercício Agenor Gordilho. Em pouco mais de dois meses, Pet foi gerente, treinador e diretor de futebol.


Como diretor, Petkovic foi responsável pela contratação de 11 jogadores e do técnico Alexandre Gallo, demitido na sexta-feira (21) passada. Os maus resultados em campo continuaram, e o sérvio iniciou uma reformulação no departamento de futebol, da qual acaba de se tornar mais uma vítima. Dias antes dele, deixaram o clube o lateral-direito Leandro Salino e o atacante Paulinho. Outros jogadores ainda podem sair.

O retorno do ídolo ao Leão foi curto, porém intenso. Anunciado no dia 3 de maio como gerente de futebol, Pet ficou apenas oito dias no cargo até ser remanejado para a função de treinador. De 11 de maio até ser promovido a diretor, em 1º de junho, foram apenas 20 dias.

O Vitória é vice-lanterna do Campeonato Brasileiro, com 12 pontos após 16 rodadas. O primeiro time fora da zona de rebaixamento é o Atlético-PR, que tem 17. O rubro-negro vem de quatro derrotas seguidas e tem o pior aproveitamento como mandante na Série A: foram seis derrotas, um triunfo e dois empates jogando em casa. O último revés foi para a Chapecoense, por 2x1, no último sábado (22), no Barradão.

O clube vive uma turbulenta crise interna. Em apenas sete meses de gestão da diretoria eleita em dezembro do ano passado, já deixaram o Vitória o presidente Ivã de Almeida – licenciado por 90 dias -, os diretores de futebol Sinval Vieira e Petkovic, o diretor jurídico Augusto Vasconcelos e o diretor médico Gilson Meireles, além dos treinadores Argel Fucks e Alexandre Gallo.

Correio24