Esporte News

'Não vamos ter medo do adversário', avisa Rabello sobre confronto contra o América-RN

O próximo adversário da Juazeirense será o América-RN, nas quartas de final da Série D do Campeonato Brasileiro. O primeiro duelo acontecerá em Juazeiro e o segundo em Natal. O técnico Carlos Rabello espera que o Cancão de Fogo faça um bom resultado em casa para conseguir a classificação no Rio Grande do Norte.

"O jogo contra o América-RN é jogo de decisão e toda decisão tem que ter bastante ousadia e cautela. Nós sabemos da qualidade e tamanho do América e vamos, evidentemente, respeitar, mas nunca ter medo do adversário. Precisamos nos preparar bem, fazer uma boa semana de treinamento. E tentar fazer o resultado dentro de casa. Depois, fora de casa, a gente tentar preservar o resultado e passar de fase", projetou.

O vencedor do confronto, além da vaga na semifinal, estará automaticamente na Série C do Brasileirão no próximo ano. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ainda vai divulgar as datas e os horários dos duelos das quartas de final.

Aproveitando o ensejo, Rabello também fez uma análise do jogo do último sábado (29), válido pelas oitavas de final, contra o Fluminense de Feira. A partida terminou no empate sem gols, no estádio Adauto Moraes. O Cancão de Fogo seguiu na competição pelo critério de gols marcados fora de casa. O jogo de ida, disputado em Feira de Santana, terminou em 3 a 3.

"O Fluminense de Feira precisava fazer o resultado, porque sabia que o empate de 0 a 0, 1 a 1, 2 a 2, era contra ele. Foi um jogo truncado em que nem nosso goleiro Tigre e nem o goleiro deles fizeram grandes defesas. Eles tiveram a posse de bola mais do que a gente no primeiro tempo. No segundo tempo as coisas se repetiram, mas a gente equilibrou um pouco mais o jogo com a entrada do Salatiel, que é um atacante de área e segurou um pouco mais a bola lá na frente. Isso fez com que o Fluminense não esboçasse tanto perigo. É lógico que eles se atiraram ao ataque, porque precisavam fazer gols. Mas nós conseguimos e soubemos administrar o resultado", afirmou.

B.Notícias