Esporte News

Copa do Nordeste de 2018 distribuirá mais de R$ 22 milhões em premiação

Uma reunião da Liga do Nordeste com os clubes filiados decidiu como será o formato de distribuição de cotas para o torneio de 2018, na tarde desta quinta-feira (13). Ficou decidido que, na primeira fase da competição, os clubes sejam divididos em quatro grupos com quatro equipes cada, de acordo com o ranking da CBF. Assim, cada chave dessa terá um valor diferente a ser recebido. Ceará, Vitória, Bahia e Santa Cruz são os que receberão as maiores cotas.

Ceará, Vitória, Bahia e Santa Cruz estão no Grupo 1, com cota inicial de R$ 1 milhão. No Grupo 2, os clubes receberão R$ 875 mil. No Grupo 3, o valor será de R$ 775 mil. Já no 4, os times que passarem pelo mata-mata do Pré-Nordestão ficam com R$ 750 mil. Os eliminados nesta fase preliminar recebem R$ 250 mil.

Com isso, na edição de 2018, a Copa do Nordeste distribuirá R$ 22.5 milhões – um valor superior R$ 3.9 milhões em relação ao torneio anterior.

Na útlima edição do Nordestão, a divisão de cotas na primeira fase foi diferente. Clubes de Ceará, Pernambuco, Bahia, Sergipe, Paraíba, Alagoas e Rio Grande do Norte receberam R$ 600 mil e as equipes de Piauí e Maranhão ficaram com R$ 300 mil.

A partir das quartas-de-final, a distribuição das cotas será igual. No primeiro mata-mata, os que disputarem ficam com mais R$ 450 mil. Os seminfinalistas ficam com R$ 550 mil. E quem chegar á final, recebe premiação de acordo com o resultado da decisão: o campeão ganha R$ 1,5 milhão e o vice, R$ 600 mil.

Se o campeão de 2018 da Copa do Nordeste for do Grupo A, fatura R$ 3.980 milhões. Se for do B, R$ 3.375 milhões. Se a equipe vencedora for do Grupo C, receberá ao todo R$ 3.275 milhões. Se vier do D, R$ 3.250 milhões.