Esporte News

Campinense e Flu de Feira empata no estádio Amigão

O Campinense perdeu um caminhão de gols e acabou pagando o preço no primeiro jogo da segunda fase da Série D do Campeonato Brasileiro. Em meio ao grande número de finalizações perdidas, o time paraibano ficou no empate com o Fluminense de Feira, por 1 a 1, no Estádio Amigão, em Campina Grande.


O resultado é melhor para o time baiano, que agora joga por um empate sem gols no jogo da volta para selar a classificação. Quem vencer a partida no próximo domingo, às 16 horas, estará classificação. Um empate por mais de dois gols de diferença (2 a 2; 3 a 3 e etc) dá a vaga ao Campinense.

O Campinense teve paciência no começo da partida para encontrar espaço na defesa adversária e abriu o placar aos 18 minutos. Depois de boa troca de passes, Maranhão recebeu livre e cruzou. Reinaldo Alagoano cabeceou firme pra marcar. A Raposa não perdeu o ritmo e o goleiro Jair, do Flu, teve que aparecer para salvar a pele baiana.

Antes do intervalo, o camisa 1 fez duas grandes defesas, a primeira em cobrança de falta de Sávio, depois em finalização cruzada de Muller Fernandes. Os baianos conseguiram mudar o panorama da partida apenas no segundo tempo.

O Flu voltou pressionando o adversário e com menos de sete minutos criou duas chances de perigo ao gol de Glédson. Postado para os contra-ataques, o Campinense teve espaço para jogar. Aí o time paraibano começou a avalanche de gols perdidos. Muller Fernandes perdeu duas chances claras e irritou a torcida paraibana, que fazia o possível para fugir da chuva.

Fazendo o possível para se defender, o Flu conseguiu empatar. Depois de cruzamento da direita, a defesa do Campinense não conseguiu afastar e Jonatas Obina aproveitou para empurrar para o fundo das redes. A Raposa saiu para o ataque em busca do gol, obrigou Jair a trabalhar, mas o empate se arrastou.