Esporte News

Bahia arranca o empate contra o Fluminense na Fonte Nova

O inferno astral do Bahia continua. Na tarde deste domingo, o time comandado por Jorginho criou muitos lances de perigo, mas acabou ficando no empate com o Fluminense, por 1 a 1, na Arena Fonte Nova, e completou um mês sem vitória no Campeonato Brasileiro. A partida foi válida pela 12ª rodada.


A última vitória do Bahia foi no dia 8 de junho, quando bateu o Cruzeiro, por 1 a 0. De lá para cá, aconteceram três empates e quatro derrotas. Com 12 pontos, o time só não está na zona de rebaixamento porque tem melhor saldo de gols (-1 contra -5) que o rival Vitória. Já o Fluminense chegou ao terceiro empate seguido e perdeu a chance de entrar no grupo de classificação para a Libertadores, com 17 pontos.

O Bahia começou com tudo, tanto que a primeira finalização aconteceu logo aos dois minutos. O chute de Renê Júnior saiu raspando a trave de Júlio César. A resposta do Fluminense foi mortal, aos 11 minutos. Lucas cruzou e Henrique Dourado desviou de letra. O zagueiro Tiago salvou em cima da linha, mas a bola sobrou para Wellington Silva completar.

Na sequência, Renê Júnior bateu colocado e a bola passou rente ao travessão. Quase o empate do Bahia. Atrás do placar, o Tricolor não deixava o Fluminense respirar e pressionava o adversário. Na melhor oportunidade do empate, Mendoza tabelou com Vinícius e, livre de marcação, cabeceou para fora. O gol estava aberto.

Aos 32 minutos, Armero foi até a linha de fundo e cruzou para trás. Mendoza, novamente, cabeceou para defesa segura de Júlio César. O goleiro tricolor fez mais duas grandes intervenções em finalizações de Régis e Renê Júnior. E quando Júlio César não ia conseguir defender, Henrique salvou quase em cima da linha. Os baianos ainda reclamaram de dois pênaltis não marcados antes do intervalo.

O Bahia voltou com uma mudança do intervalo: o estreante Rodrigão entrou no lugar de Vinícius. Logo no primeiro minuto, Zé Rafael arriscou da entrada da área e bateu rente a trave de Júlio César. Na sequência, depois de um bate e rebate, a bola caiu nos pés de Régis. O meia tricolor soltou a bomba e mandou para fora.

Jogando no contra-ataque, o Fluminense assustou com Henrique Dourado. Wellington Silva cruzou e o atacante chutou de primeira, mas mandou por cima. A torcida presente na Arena Fonte Nova já começava a perder a paciência com o time. De tanto insistirem, os donos da casa empataram aos 38 minutos.

João Paulo, que havia acabado de entrar no lugar de Zé Rafael, acertou um bonito chute de fora da área e fez o gol do Bahia. Depois disso, o Tricolor baiano bem que tentou algumas jogadas aéreas, mas sem sucesso. O Fluminense parecia satisfeito com o empate e segurou o resultado.

PRÓXIMOS JOGOS

Os dois times voltam a campo na próxima quarta-feira, pela 13ª rodada. O Bahia vai até Campinas enfrentar a Ponte Preta, às 19h30, no Moisés Lucarelli, enquanto o Fluminense faz o clássico contra o Botafogo, às 21 horas, no Maracanã, no Rio de Janeiro.

DoInterior