Esporte News

Argel Fucks é demitido do Vitória após briga e eliminação

Argel Fucks não é mais técnico do Vitória. O comandante anunciou o desligamento com o clube por meio de nota oficial. Fucks foi eliminado da Copa do Nordeste no último sábado, após derrota para o Bahia, e ainda se envolveu em confusão nos vestiários.


“Agradeço toda dedicação do grupo de jogadores, comissão técnica, funcionários e também o apoio e suporte que tive das direções, nestes 7 meses comandando o Esporte Clube Vitória. Deixo o clube com a certeza de que houve esforço, entrega total e 100% de dedicação no trabalho”, afirmou Argel.

O comandante foi contratado pelo time baiano em 2016, com o objetivo de livrar a equipe do rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro. O treinador assumiu o cargo na 25ª rodada da competição, e conseguiu tirar o Vitória da zona da degola, mantendo a equipe na elite do futebol nacional.

No último final de semana, o Bahia venceu o Vitória, na disputa da semifinal da Copa do Nordeste e eliminou o arquirrival. Nos vestiários, Argel se envolveu em confusão com o volante Edson, do Tricolor. O técnico deixa o clube dois dias antes da primeira partida das finais do Campeonato Baiano. Nesta quarta-feira, o Ba-Vi acontece na arena Fonte Nova.

Argel deixa o clube com 79,76% de aproveitamento, com 21 vitórias e três derrotas em 28 jogos. A imprensa local acredita que o clube possa procurar o técnico Vanderlei Luxemburgo. O último trabalho de Luxa foi em 2016, quando comandou o Tianjin Quanjian, da China.

Confira o comunicado enviado por Argel Fucks:

Agradeço toda dedicação do grupo de jogadores, comissão técnica, funcionários e também o apoio e suporte que tive das direções, nestes 7 meses comandando o Esporte Clube Vitória. Deixo o clube com a certeza de que houve esforço, entrega total e 100% de dedicação no trabalho. Que os torcedores sigam apoiando este grupo, que já deu alegrias neste ano, e sei que ainda pode muito mais. Sou muito grato a todos, pela forma como sempre se dedicaram em campo. A mudança faz parte e todo treinador está sujeito as tomadas de decisões da diretoria, comigo não é diferente. Deixo o Vitória com a certeza de ter dado o melhor de mim e com o desejo de que este grupo de jogadores conquiste o melhor. Obrigado a todos que estiveram ao meu lado.