Esporte News

Flu de Feira vence o Jacobina e é vice-líder no Campeonato

Deu o Fluminense de Feira no confronto entre o Jegue da Chapada e o Touro do Sertão no gramado do Joia da Princesa, em Feira de Santana na tarde deste domingo (12). Surpreendido nos minutos finais do primeiro tempo, com um belo gol de falta do Jacobina, o Flu de Feira reuniu forças e virou a partida em um segundo tempo esmagador, onde emplacou três gols e chegou aos 17 pontos, na vice-liderança do Baianão.

O primeiro tempo no Joia começou com o Fluminense mais ativo em campo, aproveitando o embalo da torcida, mas as tentativas dos comandados de Arnaldo Lira, principalmente com a dupla de ataque Janeudo e Luiz Paulo não movimentaram o placar no Joia, por sua vez o Jacobina, pouco arriscou, mas contou com a movimentação do meia Madson para incomodar o setor defensivo do Touro do Sertão. Quando se imaginava que o primeiro tempo passaria em branco, em uma falta cobrada com primor pelo meia Vitinho, sem chances para Jair, o Jegue da Chapada abriu o marcador no Joia, aos 48 minutos. Flu de Feira 0, Jacobina 1. Foi a conta da primeira etapa.

Logo no início do segundo tempo, Lira colocou em campo Alessandro Azevedo, no lugar do defensor Eduardo, amarelado na primeira etapa. Foi uma mudança semelhante à realizada na partida da última semana contra Juazeirense, quando o experiente meio campista também entrou na virada do intervalo. E a alteração mexeu com o ânimo do time tricolor, que dominou os comandados do técnico Zé Carijé. A pressão desde os minutos iniciais surtiu efeito e mesmo com a “cera” do goleiro Waldson, aos 17 minutos, Alessandro Azedo cobrou falta na área e João Neto marcou o empate e o segundo dele na competição.

O empate deixou o Fluminense de Feira mais tranquilo e mais uma vez brilhou um jogador que saiu do banco reservas. Com entrada de Ebinho no lugar de Luiz Paulo, o time ganhou mais movimentação no ataque e foi assim que veio o gol da virada. Aos 32 minutos, o camisa 20 recebeu no setor de ataque e finalizou sem chances para o goleiro: Flu de Feira 2, Jacobina 1. Sem poder de reação, o Jegue pouco testou o goleiro Jair, que atuou em todos os sete jogos do Touro no Baianão. O arqueiro passou a ser mero espectador da partida e ainda viu Fernando Sobral fechar a conta: Ebinho apostou corrida e achou o número 10 que encontrou as redes: 3 a 1 Flu de Feira, aos 37 da segunda etapa. O Jacobina só foi pressionar no final do jogo, mas sem efetividade.

Com seis pontos na tabela e a incomoda 7ª posição, só muita matemática para favorecer a equipe da região da Chapada Diamantina, que ainda disputa nove pontos, em busca da qualificação entre os quatro melhores. O Jacobina agora enfrenta o Vitória, em casa, no domingo (26). Já o Flu de Feira continua sem perder na competição e a vice-liderança mantém o time as melhores equipes do campeonato. Agora o Touro volta as atenções para enfrentar o Atlântico, em Salvador, no próximo domingo (19).

FLUMINENSE DE FEIRA 3 X 1 JACOBINA

Local: Estádio Alberto Oliveira (Joia da Princesa), Feira de Santana, BA

Horário: 17 horas

Público: 2.462 espectadores

Renda: R$ 53.150

Árbitro: Jailson Macêdo Freitas (CBF/BA).

Auxiliares: Carlos Eduardo Bregalda Gussen (CBF/BA) e Luanderson Lima Dos Santos (FBF).

Cartão amarelo: Edson, Eduardo e Rogério (FLU) e Waldson, Adalberto, Madson e Dadai (JCB).

Gols: Vitinho (JCB, aos 48 min do 1º tempo), João Neto (FLU, aos 17 min do 2º tempo) e Ebinho (FLU, aos 32 min do 2º tempo) e Fernando Sobral (FLU, aos 35 min do 2º tempo).

Fluminense de Feira: Jair; Edson, Rafael, Eduardo (Alessandro Azevedo), Deca; Rogério, Jorge Wagner, Fernando Sobral (Daniel Rezende), João Neto; Janeudo, Luiz Paulo (Ebinho). Técnico: Arnaldo Lira.

Jacobina: Waldson; Adalberto, Edi, Alysson, Kaique; Tiago (Marcio), Marcelo, Vitinho, Madson (Robenaldo); Marcelo Pano, Dadai (Mateus). Técnico: Zé Carijé.

Folha do Estado