Esporte News

Gato da Copinha toma 360 dias de suspensão e R$ 500 de multa

O Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo suspendeu nesta segunda-feira por 360 dias o zagueiro Heltton Matheus Cardoso Rodrigues. Ele usou documentos falsos que diminuíam a idade para disputar a última edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior pelo Paulista, de Jundiaí. Também foi aplicada uma multa de R$ 500 para o jogador.



Heltton foi denunciado com base no artigo 234 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (falsificar documentos) e já estava suspenso preventivamente desde que a irregularidade foi descoberta. O Paulista estava classificado para a final, contra o Corinthians, mas foi eliminado, dando a vaga ao Batatais.

– De onde vim, bons modos foram ensinados, e desviei minha conduta. Queria pedir perdão a meu pai, familiares, amigos, pessoal de Jundiaí. Traí a confiança deles. Só queria pedir perdão às pessoas que magoei – disse Heltton, chorando muito, durante a audiência do tribunal na sede da Federação Paulista de Futebol.

No julgamento, a procuradoria pediu punição de 720 dias. A defesa conseguiu mudar a denúncia para o artigo 182, que diminui pela metade a pena a jogadores não profissionais. Segundo seus advogados, o jogador nunca teve contrato profissional com nenhum clube.

– A pena aplicada foi além daquilo que estava na denúncia. Se a lei é clara no sentido de que a pena mínima é de seis meses, ela deveria ter sido aplicada tendo em vista que ele é réu confesso, primário, que não é reincidente. A condenação de um ano não pode ser considerada vitória. Vou recorrer – prometeu o advogado Lindenberg Pessoa, da defesa do jogador.

Logo depois do problema, Heltton recebeu a promessa do ex-jogador Vampeta de que receberia uma chance no Audax, clube que disputa a Série A1 do Campeonato Paulista. A suspensão, porém, impede que ele volte a disputar torneios oficiais.  

GE