Esporte News

FBF transfere jogos do Jacuipense para Pituaçu

As reclamações sistemáticas em relação ao campo do Estádio Eliel Martins, em Riachão do Jacuípe, fizeram a Federação Bahiana de Futebol (FBF) tomar uma posição. Após o empate por 0 a 0 contra o Bahia, na última quarta (1º) a entidade transferiu o mando de campo do Jacuipense para Pituaçu, em Salvador.



A informação foi divulgada em uma nota, emitida no site oficial da entidade. Na carta, a FBF criticou as instalações oferecidas pela praça esportiva, e pôs a culpa na administração da cidade, que não teria cuidado do gramado do estádio. “O Coronel José Inácio Diniz (...) durante a última visita ao local, havia solicitado ao secretário de Esportes de Riachão do Jacuípe que o estádio fosse preservado e só utilizado para os jogos oficiais. Porém, os responsáveis não seguiram a recomendação de conservação e utilizaram o local diariamente para treinamentos, o que prejudicou e castigou o gramado”, diz a nota.

O presidente do Jacuipense, Felipe Sales, inclusive, já havia seguido a mesma linha da Federação e criticou a prefeitura de Richão. O elenco teve que treinar em Tanquinho para minimizar a utilização do gramado do equipamento.

Com isso, alguns jogos do Baianão devem sofrer alterações de horários e datas. Em Pituaçu, além do Jacuipense, Galícia, Atlântico e Bahia já mandam seus jogos. Estas equipes dividem o espaço com os ensaios da banda Harmonia do Samba – a “Melhor Segunda-Feira do Mundo”.