Esporte News

Bahia de Feira vence o Atlântico e se recupera no Baianão

Jogando na tarde deste domingo (5) no estádio Joia da Princesa, o Bahia de Feira recebeu a equipe do Atlântico pela segunda rodada do campeonato baiano 2017. Na estreia dos treinadores Quintino Barbosa e Roberto Gaúcho, brilhou a estrela do técnico Barbosinha. A vitória do Bahia de Feira diante do Atlântico por 2 a 1, colocou a equipe feirense na quarta colocação, com três pontos somados e um saldo zero.



Logo no início do jogo o Tremendão demonstrou que a presença do novo comandante técnico fez a diferença. Aos dois minutos de partida o Bahia de Feira teve a primeira oportunidade de abrir o marcador com o atacante Dio, porém o lance foi invalidado pelo auxiliar Claudio Oliveira.

Mas, na segunda tentativa o ataque do Tremendão não desperdiçou, aos cinco minutos em uma triangulação perfeita do setor de meio campo a bola sobrou para o jogador Eudair bateu com tranquilidade para vencer o arqueiro Gustavo.

Depois da marcação do gol o time do técnico Barbosinha se acomodou no jogo, e o time da capital conseguiu equilibrar a partida tendo algumas chances de empatar a partida ainda na primeira etapa.

Aos 40 minutos em uma dividida de bola o jogador Waldiran da equipe do Atlântico acabou se machucando e deixando o campo de jogo para a entrada do atacante Jailson. Ainda nos acréscimos o Tubarão teve uma boa chance de conseguir o empate, depois de um cruzamento do meia Rogerio Rios a bola encontrou o atacante Jailson, que tocou de cabeça, mas bola foi para a linha de fundo. Terminando a primeira etapa com o Bahia de Feira com a vantagem no placar.

Segundo Tempo

Na volta para o segundo tempo as duas equipes voltaram com modificação, na equipe do Bahia de Feira saiu o lateral esquerdo Rafinha para a entrada do meia-atacante Ivanildo. Do lado do Atlântico saiu o volante Ramon Barbosa para a entrada do meia Antônio Carlos.

Mais uma vez brilhou a estrela do treinador do Bahia de Feira, Quintino Barbosa, com a entrada do atacante Ivanildo o meia Dio passou para a lateral esquerda, liberando o meia Ivanildo para trabalhar as jogadas de ligação. E foi dessa forma que o Tremendão chegou ao seu segundo gol, aos cinco minutos após uma jogada rápida do setor de meio campo a bola sobrou para o lateral direito Maicon, que cruzou com capricho colocando a bola na cabeça do atacante Marcley, que não desperdiçou e mandou para o fundo da meta do goleiro Gustavo.

O Tubarão poderia ter diminuído o marcador se o atacante Junior e o meia Miro Bahia não tivessem desperdiçado uma grande oportunidade mesmo com o gol escancarado. No contra-ataque o Tremendão também poderia ter marcado o terceiro gol, mas o jogador Ivanildo não aproveitou um bom passe do atacante Igor.

Como diz o ditado popular “quem não faz, leva” o Bahia de Feira abusou de perder gol, e o castigo veio em uma jogada rápida do meia Miro Bahia, que realizou um passe na medida certa para o atacante Hugo, que invadiu cortou a zaga do Bahia de Feira e chutou forte sem chance para o goleiro Rude.

Diferente do futebol apresentado na primeira etapa o Bahia de Feira caiu muito de rendimento e levou um tremendo sufoco para sustentar a vitória por 2 a 1. E viu a equipe da capital mandar na partida tentando com valentia o seu gol de empate.

O Bahia de Feira volta a campo na próxima quarta-feira (8) quando enfrenta o EC Bahia, no estádio Metropolitano de Pituaçu, ás 18h30. Já o Atlântico tem partida marcada para o dia 11 deste mês, contra o Jacobina, no estádio de Pituaçu.

Folha do Estado