Esporte News

Em noite de estreias, Vitória bate o Atlântico em amistoso

A quinta-feira foi para o torcedor do Vitória matar a saudade e começar e formar as suas primeiras impressões sobre o novo time montado para a temporada. Em amistoso realizado contra a equipe do Atlântico, no Barradão, o Rubro-Negro estreou dez dos doze reforços contratados até o momento. E tudo acabou da melhor forma possível. Depois de sair perdendo no primeiro tempo, a equipe baiana teve forças para virar o jogo e vencer por 2 a 1, com gols do estreante Cleiton Xavier e de Euller. Junior marcou o gol do Tubarão.



O torcedor rubro-negro volta a ter a oportunidade de ver o time agora no dia 26 deste mês, na estreia da equipe pela Copa do Nordeste. A partida vai ser contra o Sergipe, no Barradão.

Fernando Miguel falha, e Vitória sai perdendo

O Vitória até teve mais volume de jogo e mais chances de marcar, mas quem saiu vencendo no primeiro tempo foi o Atlântico. Na única jogada de perigo do time em toda etapa inicial, Fernando Miguel falhou em saída de bola e Junior aproveitou a oportunidade para balançar as redes. Atrás no placar, o Leão se lançou ao ataque, mas esbarrou na falta de entrosamento e na forte marcação do adversário. 

As melhores oportunidades aconteceram em chute colocado de Pisculichi, que foi bem no seu primeiro jogo pelo Vitória, e cabeçada para fora de Kieza. O atacante, por sinal, não começou o ano bem com a torcida. Não fez um bom primeiro tempo e, substituído no intervalo, teve a alteração comemorada pelos torcedores que foram ao Barradão. 

Cleiton vai do inacreditável ao gol

O Vitória tinha tudo para empatar o jogo logo aos 4 minutos do segundo tempo. O time só não contava que Cleiton Xavier, livre de marcação dentro da área e sem goleiro, chutasse para fora. No lance seguinte, o meia teve mais uma oportunidade, mas furou a finalização. Mesmo assim, a equipe rubro-negra continuou em cima do Atlântico ao longo de todo segundo tempo, mas seguiu em sorte nas finalizações. Além dos gols incríveis perdidos por Cleiton, o time teve grande oportunidade de empatar em chute de Pineda, dentro da área adversária, mas a finalização passou ao lado do gol.

Depois dos gols perdidos, o Vitória, então, resolveu caprichar nas finalizações e acabar com a má sorte. Foi aí que Cleiton Xavier apagou a imagem deixada pela incrível oportunidade desperdiçada e empatou o duelo aos 31 minutos, em chute no cantinho de fora da área. Empolgado com o empate, o Vitória avançou ainda mais e virou o confronto logo na sequência, aos 34 minutos, em grande jogada pela direita que terminou com finalização certeira de Euller.