Esporte News

Diretor de futebol Nei Pandolfo é demitido do Bahia

Nei Pandolfo não é mais diretor de futebol do Bahia. A demissão do dirigente foi anunciada nesta segunda-feira (2), dia em que o tricolor se reapresentou para dar início à pré-temporada, em coletiva com o presidente Marcelo Sant’Ana. Ele tinha contrato com o Bahia até dezembro de 2017.



Sob a gestão de Pandolfo, que foi anunciado pelo Bahia no dia 29 de novembro de 2015, foram feitas 26 contratações para a temporada passada e uma para este ano. Os nomes contratados pelo agora ex-diretor foram os goleiros Muriel e Anderson, os laterais Armero, Tinga, Moisés, João Paulo Gomes e Eduardo, os zagueiros Lucas Fonseca, Tiago e Jackson, os volantes Juninho, Danilo Pires, Paulo Roberto, Renê Júnior e Luiz Antonio, os meias Renato Cajá, Régis, além dos atacantes Hernane, Luisinho, Edigar Junio, Thiago Ribeiro, Henrique, Misael, Victor Rangel, Wesley Natã, Allano e João Paulo Queiroz, este último usado nas categorias de base.

Dos 26 contratados na gestão de Nei Pandolfo, apenas 11 estão nos planos para este ano.

O gerente de futebol Diego Cerri, que assumiu a vaga deixada por Éder Ferrari em agosto do ano passado, assumirá o cargo de diretor de futebol.