Esporte News

Vitória enfrenta o Palmeiras para selar permanência na Série A

O Vitória encara o Palmeiras neste domingo (11), às 16h (horário da Bahia), no Barradão, em jogo válido pela última rodada do Campeonato Brasileiro, para selar sua permanência na elite do futebol nacional.

Com 45 pontos, o time comandado pelo técnico Argel Fucks ocupa a 15ª posição. Para escapar da degola, o Leão precisa de apenas um empate diante do já campeão Palmeiras. O goleiro Fernando Miguel rechaçou a possibilidade de jogar com o regulamento e garantiu que sua equipe vai em busca dos três pontos.

“Nossa equipe está muito focada neste jogo contra o Palmeiras, que será mais uma decisão. Vamos focar ao máximo durante os noventa minutos para vencer o jogo e encerrar bem esse ano de 2016.

Não podemos jogar por um ponto apenas. Estaremos em casa, diante do nosso torcedor, e queremos o triunfo”, disse o arqueiro.

O técnico Argel Fucks espera uma partida complicada, mas acredita no potencial do seu time para conquistar o resultado positivo.

“Temos um jogo importante para confirmar a permanência na Série A. Um jogo duro, difícil, contra adversário de qualidade, independente dele tirar jogadores importantes. O Palmeiras foi campeão porque não só tinha onze jogadores. É um investimento. Isso premia também. O Palmeiras foi campeão com toda justiça. Sempre quem investe muito merece ganhar. É legal ver um clube como o Palmeiras, que investiu muito, ser campeão. Isso é importante porque valoriza. É um time que investe bastante, gasta bastante. Nós temos que fazer a nossa parte, o nosso trabalho. Dependemos apenas da gente”, comentou.

FICHA TÉCNICA
Vitória x Palmeiras
Campeonato Brasileiro – 38ª rodada
Local: Barradão, em Salvador
Data: 11/12/2016
Horário: 16h (da Bahia)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Assistentes: Márcio Gleidson Correia Dias (PA) e Hélcio Araújo Neves (PA)

Vitória: Fernando Miguel; Diego Renan, Ramon, Kanu e Euller; Willian Farias, Marcelo e Cárdenas; Marinho, David e Zé Love. Técnico: Argel Fucks:

Palmeiras: Jailson; Gabriel (João Pedro), Mina, Thiago Martins e Fabricio; Thiago Santos, Tchê Tchê e Cleiton Xavier; Erik, Leandro Pereira e Alecsandro. Técnico: Cuca.