Esporte News

STJD rejeita pedido do Inter de reexaminar caso Victor Ramos

A novela Victor Ramos parece estar perto do fim. Assim como as esperanças do Inter de permanecer na primeira divisão nos tribunais. Na tarde desta segunda-feira, o procurador-geral do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Felipe Bevilacqua, optou por manter arquivado o pedido do clube gaúcho para analisar a suposta inscrição irregular do zagueiro do Vitória. Com isso, rejeitou o pedido do Inter de revisão da decisão anterior. 

A decisão do STJD já foi comunicada oficialmente ao Inter. O departamento jurídico colorado ainda estuda o que fazer diante da nova negativa, mas admite que há pouco a se fazer.    
– Já era esperado. Já sabíamos o que ia acontecer. Estamos estudando o que fazer ainda. São poucas opções – comenda o diretor jurídico do Inter, Giovani Gazen. 

O objetivo do clube gaúcho era de que o Tribunal, ao menos, analisasse os documentos apresentados pelo clube sobre o caso. Em 8 de dezembro, o STJD já havia decidido arquivar o pedido do Inter para ingressar como parte no processo aberto no início do ano sobre a suposta escalação irregular do jogador. A decisão havia sido tomada pelo auditor Glauber Guadelupe, vice-procurador-geral da entidade. 

Rebaixado para a Série B, o clube gaúcho encerrou o Brasileirão em 17º lugar com 43 pontos – dois a menos do que o Vitória. Por isso, se abraçou no STJD para tentar tirar pontos do rival baiano nos tribunais e evitar a queda.