Esporte News

Gringos do Vitória não devem permanecer em 2017

Apesar de não ser confirmado pela diretoria do clube, o atacante boliviano Ramallo não deve permanecer na Toca do Leão no ano que vem. O Vitória está negociando a rescisão ou empréstimo do atleta, que tem contrato com o clube até junho de 2017.



O jogador fez apenas quatro jogos pelo Vitória, dois como titular. Não fez gol, tampouco agradou o técnico Argel Fucks, que não utilizou o atleta. Todos os jogos de Ramallo no Vitória foram com o treinador Vagner Mancini, demitido em setembro. O boliviano chegou a reclamar da falta de oportunidade no clube através do seu perfil no Instagram.  

O mesmo pode acontecer com o meia colombiano Cárdenas. No caso do meia, que foi camisa 10 do Leão na temporada 2016, o contrato finaliza apenas em dezembro do próximo ano. A tendência é que seja emprestado, a depender da decisão de Argel Fucks na apresentação do elenco, marcada para o dia 9 de janeiro. Cárdenas chegou com status de grande contratação, mas não rendeu o esperado. 

Entre a turma que encerra o contrato na sexta-feira (30), apenas o lateral-direito Norberto terá seu vínculo renovado, apesar de ter jogado apenas oito jogos na Série A. O atleta passou boa parte da temporada machucado. O atacante Zé Love não permanecerá. Segundo a diretoria do clube, as partes não entraram em acordo salarial. O Vitória teria sugerido a renovação de contrato por um ano sem aumento do salário atual do atleta, que não aceitou.