Grêmio empata com o Atlético-MG e conquista o 5º título da Copa do Brasil

O Grêmio, enfim, voltou a transcender as fronteiras do Rio Grande do Sul. Na noite desta quarta-feira, em Porto Alegre, o Tricolor gaúcho...

O Grêmio, enfim, voltou a transcender as fronteiras do Rio Grande do Sul. Na noite desta quarta-feira, em Porto Alegre, o Tricolor gaúcho superou um trauma de sua torcida, que não comemorava um título de expressão nacional há 15 anos, ao empatar em 1 a 1 com o Atlético-MG e conquistar a Copa do Brasil pela quinta vez em sua história.

O técnico Renato Portaluppi cumpriu sua palavra e não deixou o título escapar para o Galo, a quem seus comandados superaram na primeira final, em pleno Mineirão, por 3 a 1. A partida frente à agremiação de Belo Horizonte foi a primeira do futebol brasileiro após o fatídico acidente aéreo que vitimou 19 jogadores da Chapecoense, homenageada antes e durante o duelo.

Prontos para o que der e vier, os gaúchos tiveram o tradicional espírito copeiro e administraram a vantagem para garantir a taça. Com o resultado, o Grêmio até a pé irá disputar a Copa Libertadores da América de 2017.

O atacante Miller Bolaños soube seu nome elevar para fazer o gol que confirmou o título que não acontecia desde 2001, quando Tite era o treinador de uma equipe que tinha em Marcelinho Paraíba e Zinho seus grandes destaques. O também equatoriano Juan Cazares empatou no fim, mas não foi o suficiente para evitar a festa gremista.

O imortal tricolor fatura o maior mata-mata nacional com x vitórias, x empates e apenas uma derrota. Tal campanha, no entanto, poderia não ter acontecido se não fosse a chegada de Renato Gaúcho, que estreou em sua terceira passagem pelo clube porto-alegrense com uma emocionante vitória nos pênaltis sobre o Atlético-PR nas oitavas de final.

Sem o peso de um jejum de 15 anos nas costas, o Grêmio se despede do histórico ano de 2016 no próximo domingo, quando recebe o Botafogo, às 17 horas (de Brasília), pela 38ª e última rodada do Campeonato Brasileiro. O Atlético-MG, também classificado à próxima edição da Libertadores, já entra de férias, uma vez que se recusou a enfrentar a Chapecoense em função da tragédia que envolveu a equipe catarinense.

Galo domina, mas Tricolor tem a melhor chance

Com o Grêmio onde o Grêmio estiver, 55.337 mil torcedores lotaram a Arena – que teve recorde de público – para empurrar o Tricolor rumo ao pentacampeonato. Mas foi o Atlético quem teve a primeira chance de gol. Aos três minutos, Fábio Santos fez bom cruzamento na esquerda, Júnior Urso subiu mais alto do que a zaga gaúcho e testou por cima, com perigo.

Jogando com o regulamento debaixo do braço, o Tricolor começou acuado, mas permitindo a aproximação do Galo em sua área. Tanto que Lucas Pratto e Luan arriscaram de longe e assustaram o goleiro Marcelo Grohe ainda antes dos primeiros 15 minutos.

Ciente do perigo de jogar à espera do adversário, o Grêmio adiantou suas linhas e ensaiou certa pressão. No entanto, o time de Belo Horizonte continuou perigoso. Aos 29, Fábio Santos novamente apareceu bem pela esquerda e cruzou na área. Robinho venceu a marcação e cabeceou à direita da meta gaúcha, próximo à trave.

Apesar de ter adotado um esquema mais cauteloso, o Tricolor gaúcho foi o dono da melhor oportunidade de abrir o placar no primeiro tempo. Aos 40 minutos, Douglas dominou no meio, ajeitou a bola e deu um lindo toque de calcanhar, deixando Everton na cara de Victor. O atacante, porém, bateu fraco e o arqueiro caiu bem para fazer a defesa, garantindo o empate sem gols antes do intervalo.

Precisando fazer gols para seguir sonhando com o título, o Galo voltou diferente: saiu o volante Júnior Urso para a entrada do meia Maicosuel. De fato, os mineiros ocuparam o campo de defesa gremista, mas sem organização tática e diante da retranca gaúcha não conseguiram ameaçar o gol de Grohe nos primeiros minutos da etapa final.

Bem postado e sem pressa, o Grêmio começou a fazer o tempo passar, procurando tocar mais a bola. Diante de um cenário complicado, o técnico interino do Atlético-MG, Diogo Giacomini, mandou o atacante Juan Cazares a campo, tirando outro volante, Leandro Donizete. Também colocou Lucas Cândido no lugar do cansado Luan.

As mudanças, no entanto, não surtiram efeito e o Grêmio manteve-se confortável com sua vantagem. Os comandados de Renato Gaúcho não tiveram vergonha de dar chutões e carrinhos no aguardo do apito final do árbitro Luiz Flávio de Oliveira.

Mas até lá o destino ainda reservaria uma surpresa agradável ao copeiro Grêmio. Aos 43, em contra-ataque puxado por Luan, Everton fez boa jogada pela esquerda e cruzou rasteiro para o meio da área. A bola sobrou para Miller Bolaños, que havia acabado de entrar, só ter o trabalho de empurrar para as redes.

Três minutos depois, o compatriota de Bolaños, Cazares, marcou um gol histórico na Arena do Grêmio. O atacante viu Grohe adiantado e arriscou de trás do meio de campo. A tentativa deu certo, porque a bola encobriu o arqueiro gremista e morreu no fundo do gol, empatando o confronto.

Mesmo com o golaço de Cazares, o Grêmio não se abalou, segurou a bola nos minutos finais até que o árbitro apontasse o centro do campo e decretasse o título para os gaúchos. Um princípio de confusão entre os jogadores não estragou a festa do imortal Tricolor.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 1 X 1 ATLÉTICO-MG

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: 07 de dezembro de 2016, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Kleber Lúcio Gil (SC)
Público: 52.233 pagantes (55.337 no total)
Renda: R$ 5.105.964,00
Cartões Amarelos: Erazo e Fábio Santos (Atlético-MG); Marcelo Grohe e Miller Bolaños (Grêmio)
Cartões Vermelhos:–

GOLS: 

GRÊMIO: Miller Bolaños, aos 43 minutos do segundo tempo
ATLÉTICO-MG: Juan Cazares, aos 46 minutos do segundo tempo

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon, Ramiro (Jailson), Douglas (Miller Bolaños) e Everton (Fred); Luan
Técnico: Renato Gaúcho

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Gabriel, Erazo e Fábio Santos; Leandro Donizete, Júnior Urso (Maicosuel), Rafael Carioca e Luan (Lucas Cândido); Robinho e Lucas Pratto
Técnico: Diogo Giacomini

Gazeta

COMENTÁRIOS

BLOGGER
Nome

2º Divisão,128,ABC,6,Al Wasl,2,Alecrim-RN,2,Alemanha,1,Altos-PI,2,América-MG,13,América-PE,1,América-RN,10,Amistosos,1,Argentina,1,ASA,7,Atlântico,15,Atlético,60,Atlético de Coité,1,Atlético Nacional,3,Atlético-GO,9,Atlético-MG,4,Atlético-PR,6,Avaí,5,Ba-Vi,65,Bahia,822,Bahia de Feira,134,Barcelona,3,Basquete,4,Benfica,1,Boa Esporte,6,Botafogo,61,Botafogo-PB,2,Bragantino,4,Brasil de Pelotas,4,Brasileirão A,317,Brasileiro B,270,Brasileiro C,11,Brasileiro D,79,C.G.Estado,49,Camaçari,19,Campeonato Baiano,639,Campinense,8,Canoagem,1,Catuense,21,Ceará,17,Ceilândia-DF,1,César Vallejo,3,Chapecoense,11,Chelsea,2,China,1,Colo-Colo,63,Confiança,10,Conmebol,1,Copa 2 de Julho,5,Copa América 2015,6,Copa do Brasil,211,Copa São Paulo,55,Copa Sul-Minas,1,Copa Verde,1,Corinthians,12,Coritiba,20,CRB,6,Criciúma,9,Cruzeiro,16,CSA,2,Cuiabá,3,ECPP,70,Eliminatórias da Copa,4,Estudiantes-AG,1,Feirense,83,Figueirense,8,Filipe Massa,1,Flamengo-BA,46,Flamengo-PI,3,Flamengo-RJ,14,Florida Cup,1,Flu de Feira,66,Fluminense,100,Formula 1,2,Fortaleza,6,Futebol amador,14,Futebol feminino,23,Futevôlei,3,Galícia,54,Globo-RN,6,Goiás,5,Grapiúna,8,Grêmio,7,Guanambi,3,Guarani-SP,1,Icasa,3,Inter de Milão,1,Intermunicipal,19,Internacional,16,Ipitanga,21,Irã,1,Itabuna,32,Jacobina,61,Jacuipense,87,Jequié,15,Joinville-SC,7,Juazeirense,127,Juazeiro,52,Judô,1,Kashima Antlers,1,Leônico,9,Libertadores,10,Liga Sul-Americana,1,Londrina,4,Luverdense,9,Luziânia-DF,3,Macaé,5,Madre de Deus,2,MMA,10,Mogi Mirim,6,Moto Club,4,Murici,1,Musas,22,naut,1,Náutico,15,Náutico-RR,4,NBB,8,Nordestão,164,Notícias,738,Oeste,4,Orlando City,2,Palmeiras,15,Paraná Clube,16,Paysandu,12,PFC-Cajazeiras,3,Pluri Consultoria,1,Poções,5,Ponte Preta,2,Portuguesa,4,Primeira Liga,1,PSG,1,Real Madrid,1,Recopa Sul-Americana,4,Red Bull Brasil,1,Remo,1,River-PI,4,Sampaio Corrêa,11,San Lorenzo,1,Santa Cruz,14,Santos,10,São Bento-SP,1,São Francisco,2,São Paulo,5,São Raimundo-PA,1,Seleção Alemã,1,Seleção Argentina,1,Seleção brasileira,41,Seleção Equador,1,Seleção Portugal,1,Sergipe,8,Serrano,99,Shakhtar Donetsk,3,Sport,18,Sul-Americana,33,Surfe,1,Teixeira de Freitas,9,Tianjin Quanjian,2,Tombense,1,Tupi-MG,1,UFC,11,Uniclinic-CE,1,Vasco,11,Ventforet Kofu,1,Vila Nova,3,Vitória,1022,Vitória da Conquista,168,Volei,24,Voleibol,7,Volta Redonda,6,Wolfsburg,1,Ypiranga,39,
ltr
item
Futebol Baiano | Bahia Esportes: Grêmio empata com o Atlético-MG e conquista o 5º título da Copa do Brasil
Grêmio empata com o Atlético-MG e conquista o 5º título da Copa do Brasil
https://1.bp.blogspot.com/-9nI9QaV6PE4/WEi_f2Pe7sI/AAAAAAAAIFE/DVQt4a1rUBQN0QDrwk-NQwVm2R-L0FQHwCLcB/s1600/cats.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-9nI9QaV6PE4/WEi_f2Pe7sI/AAAAAAAAIFE/DVQt4a1rUBQN0QDrwk-NQwVm2R-L0FQHwCLcB/s72-c/cats.jpg
Futebol Baiano | Bahia Esportes
http://www.esportebolabahia.com/2016/12/gremio-empata-com-o-atletico-mg-e.html
http://www.esportebolabahia.com/
http://www.esportebolabahia.com/
http://www.esportebolabahia.com/2016/12/gremio-empata-com-o-atletico-mg-e.html
true
7013177144670913860
UTF-8
Carregado Todas as Mensagens Não encontrou nenhuma mensagem VER TUDO Leia mais Resposta Cancelar resposta Excluir Por Home PÁGINAS POSTAGENS Ver tudo RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO PESQUISA TODAS AS PUBLICAÇÕES Não foram encontrados resultados com a sua mensagem Voltar Home Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 Minuto atrás $$1$$ minutos atrás 1 hora atrás $$1$$ horas atrás Ontem $$1$$ dias atrás $$1$$ semanas atrás Mais de 5 semanas atrás Seguidores Siga ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Compartilhe para desbloquear Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy