Esporte News

Avião com time da Chapecoense sofre trágico acidente na Colômbia

Uma notícia abala o futebol da América do Sul nesta terça-feira. O avião que levava a delegação da Chapecoense para a primeira final da Copa Sul-Americana diante do Atlético Nacional de Medellín sofreu uma acidente, após uma pane elétrica e um pouso forçado na região de Antióquia, na Colômbia.



A aeronave tinha 81 pessoas no total: 72 passageiros e nove tripulantes – 22 eram atletas e outras 21 pessoas ligadas ao clube catarinense, sendo alguns jornalistas. Segundo a Aeronáutica Civil Colombiana, o goleiro Jakson Follmann, o zagueiro Neto e o lateral Alan Ruschel aparecem na lista de sobreviventes junto com o jornalista Rafael Henzel, de Chapecó, e Ximena Suárez e Erwin Tumiri, integrantes da tripulação. Arqueiro titular e herói da vaga da Chape na final, Danilo foi resgatado, mas não está na relação oficial de sobreviventes da instituição colombiana, o que totalizaria 75 mortos no acidente.

Além da delegação da Chapecoense, outros nomes ligados ao futebol brasileiro estavam no avião, como 21 integrantes da imprensa, entre eles o ex-jogador Mário Sérgio, comentarista da Fox, e um dos vices da Confederação Brasileira de Futebol, Delfim Peixoto Filho.

O vice-presidente da Chapecoense, Ivan Tozzo, confirmou que a diretoria aguarda os familiares dos envolvidos na Arena Condá. “Muito triste a notícia que recebemos hoje de manhã. Jamais iríamos esperar. Estamos reunidos no estádio, recebendo as pessoas envolvidas, as pessoas que amam a Chapecoense. É uma notícia que não existe. Até agora não caiu a ficha. Estamos no aguardo, todo mundo confiando em Deus que as coisas vão acontecer certo para nós. É complicada a dor. Eu que estou há muito tempo envolvido na Chapecoense, sei o que passamos até aqui. Agora que chegamos, não vou dizer no auge, mas em destaque nacional, acontece uma tragédia dessa. É muito difícil, uma tragédia muito grande”, disse ao SporTV. 

“Existem amigos de uma vida toda que estavam nesse voo. Nos parece muito difícil que tenham sobrevivido. Não era apenas um grupo de respeito mútuo, era um grupo familiar. Vivíamos em harmonia e alegria muito grandes. Antes de embarcar, eles diziam que iam em busca de tornar esse sonho realidade. E o sonho acabou nessa madrugada”, disse Plínio David de Nes Filho, presidente do Conselho Deliberativo da Chapecoense, ao Bom dia Brasil.

A CBF enviará um avião com advogados e médicos para Medellín, na Colômbia, ao meio-dia desta terça, com o objetivo de ajudar nos trâmites burocráticos para liberação de corpos e traslado ao Brasil. A entidade também está em contato com Ministério das Relações Exteriores e Ministério da Defesa.

Diante do grave acidente, a partida da Copa Sul-americana já foi adiada, assim como a final da Copa do Brasil e a rodada do Campeonato Brasileiro. A Confederação Sul-Americana informou que “paralisou todas as suas atividades” para tratar do caso. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) também emitiu uma nota lamentando os fatos:

“A CBF manifesta a sua consternação com as notícias que chegam da Colômbia, dando conta de um acidente com o avião que transportava a delegação da Chapecoense, jornalistas e convidados, a caminho do primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana.

Estamos em contato com a Conmebol, autoridades locais e representantes do clubes em busca de mais informações, antes de quaisquer possíveis medidas quanto ao andamento do futebol brasileiro.

Desde já, manifestamos a nossa solidariedade e direcionamos nossas orações aos passageiros e tripulantes do voo”

Veja a delegação da Chape presente no avião:

Goleiros: Danilo e Follmann;
Laterais: Gimenez, Dener, Alan Ruschel e Caramelo;
Zagueiros: Marcelo, Filipe Machado, Thiego e Neto;
Volantes: Josimar, Gil, Sérgio Manoel e Matheus Biteco;
Meias: Cleber Santana e Arthur Maia;
Atacantes: Kempes, Ananias, Lucas Gomes, Tiaguinho, Bruno Rangel e Canela.

Comissão técnica
Treinador – Caio Júnior
Auxiliar técnico – Duca
Preparador Físico – Anderson Paixão
Preparador de Goleiros – Boião
Fisiologista – Cezinha
Médico – Dr. Marcio
Fisioterapeuta – Rafael Gobbato
Analista de Desempenho – Pipe Grohs