Esporte News

Flu de Feira cai diante do Volta Redonda e dá adeus a Série C

Flu de Feira cai diante do Volta Redonda Na noite deste sábado (3) no estádio Raulino de Oliveira, no Rio de Janeiro, o Fluminense de Feira viu o sonho de chegar a Série C do Campeonato Brasileiro terminar ao ser derrotado mais uma vez pelo Volta Redonda. O jogador Dja Baiano marcou duas vezes para os donos da casa e o zagueiro Paulo Paraíba descontou para o ‘Touro do Sertão’. O time do da Cidade do Aço, até momento invicto jogando em casa, foi o primeiro clube a conquistar o acesso para a terceira divisão do campeonato nacional.


No início da partida o Flu de Feira não se encontrou em campo e errando alguns passes, o time feirense acabou facilitando a vida da equipe carioca. Para piorar a situação, aos sete minutos em um vacilo na intermediaria, o jogador Flavio errou o passe e a bola sobrou para o meia Marcelo que deu encontrou Dja Baiano. O meia invadiu a grande área e foi derrubado pelo arqueiro Jair. Sem hesitar, o árbitro Igor Junio Benevenuto marcou pênalti para o Volta Redonda. Dja Baiano cobrou bem e abriu o marcador para o time local.

Aos 12 minutos o Flu de Feira teve uma boa oportunidade de empatar a partida, após uma cobrança de escanteio, o atacante Josi quase marcou de cabeça, mas o goleiro Mota realizou uma grande defesa.

O time tricolor ainda criou outra boa chance, desta vez com o lateral Edson. O jogador do Flu de Feira cobrou uma falta no setor esquerdo de ataque do Touro do Sertão, a bola foi em direção ao gol, porém a bola desviou no zagueiro Daniel e foi para linha de fundo.

Aos 32 minutos, o Fluminense teve mais uma grande chance. A bola foi tocada para o jogador Ataíde que entrou na grande área. O camisa 10 poderia acionar o atacante Josi, mas preferiu a finalização e desperdiçou uma excelente oportunidade. Sem paciência com o jogador Ataíde, que nada produziu no jogo, o técnico Betinho colocou em campo o atacante Etinho, que deu uma melhor movimentação ao setor de ataque do Flu de Feira.

Quando a etapa inicial parecia se encaminhar para uma vitória do Volta Redonda, aos 39 minutos logo após uma cobrança de escanteio, o zagueiro Paulo Paraíba subiu mais que a defesa do time carioca e tocou de cabeça para empatar. Placar que permaneceu até o apito final do primeiro tempo.

Segundo tempo

Na volta para a segunda etapa o técnico Betinho tirou os volantes Flavio e Fausto e colocou o atacante Kell e o jogador Jarbas, com o objetivo de pressionar mais ainda a equipe do Rio de Janeiro.

Logo nos primeiros minutos da etapa complementar o Volta Redonda mostrou que ainda estava ligado. Depois de um bom lançamento, a bola sobrou para Dja Baiano, que dominou mas na hora de finalizar a bola passou longe da meta do goleiro Jair.

Repetindo a história do primeiro tempo, o Flu de Feira vacilou e tomou o segundo gol, depois de um contra golpe fulminante sem marcação. O jogador Dja Baiano aproveitou uma bola rebatida após a defesa do goleiro Jair e tocou forte para o fundo da meta estabelecendo o segundo gol na partida, aos 15 minutos.

O Fluminense não desistiu fácil de buscar o acesso e surpreendeu o Volta Redonda em duas oportunidades, o que se convertidas em gol, seriam suficientes para uma sobrevida ao ‘Touro do Sertão’, o que levaria a decisão para os pênaltis. A bola encontrou a trave defendida pelo goleiro Mota duas vezes. Na primeira, com o atacante Josi livre, aos 25 minutos, e aos 37, novamente Josi encontrou a trave no caminho ao gol.

Sem conseguir reagir, o time feirense perdeu o jogo e a chance de garantir uma vaga na Série C em 2017. Já a equipe carioca além de carimbar seu passaporte para a Série C, segue na briga pelo título da competição.

Volta Redonda x Fluminense de Feira

Local – Estádio Raulino de Oliveira, Rio de Janeiro

Horário – 18 horas

Arbitragem – Igor Junio Benevenuto, auxiliado por Pablo Almeida da Costa e Celso Luiz da Silva

Volta Redonda – Mota; Osmar, Daniel Felipe, Márcio (Carlão) e Cristiano, João Clériston, Dja Baiano (Pedroso), Marcos Junior, Marcelo, David e Luís Gustavo (Pernão). Técnico – Felipe Surian.

Fluminense – Jair; Edson, Igor, Paulo Paraíba e Deca, Fausto (Kell), Flávio (Jarbas), Alessandro Azevedo e Ataíde (Etinho), Josi e João Neto. Técnico – Betinho

Folha do Estado