Esporte News

Vitória encara o Cruzeiro no Mineirão

Com os retornos de Marinho e Kieza, o Vitória encara o Cruzeiro neste domingo (3), às 11h, no Mineirão, em confronto válido pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Vitória encara o Cruzeiro no Mineirão


Marinho volta aos gramados após ficar de fora de duas partidas por conta de uma fratura no nariz. O atacante sofreu o trauma durante um treino. Já Kieza, retorna após cumprir suspensão automática por ter acumulado três cartões amarelos. O lateral Diego Renan comemorou o retorno da dupla.

“Importantes, o Marinho, o Kieza, e todo jogador que fica de fora. Quando volta, é importante para o grupo. Um jogo muito difícil, o Cruzeiro jogando em casa é muito forte”, afirmou o camisa 26.

O zagueiro Kanu pediu atenção redobrada ao time para voltar a Salvador com um resultado positivo na bagagem.

"Jogo duro contra o Cruzeiro no domingo. Não é fácil jogar contra eles lá. Temos que ter atenção máxima para sair de lá com um bom resultado. Vamos procurar fazer uma partida equilibrada e de muita tranquilidade", disse Kanu.

O duelo contra o Cruzeiro será a quarta partida do Vitória às 11h. O meio-campista Tiago Real garante que a equipe está totalmente adaptada ao horário. “Já vamos para o quarto jogo às 11 horas da manhã. Já estamos totalmente adaptados. Já pegamos mais um pouco de calor neste horário, já jogamos também com o tempo um pouco mais frio. Em Minas Gerais acredito que não seja um calor tão grande. Acho que vai ser tranquilo. Nossa rotina nesses jogos já está bem definida”, comentou.

FICHA TÉCNICA
Cruzeiro x Vitória
Campeonato Brasileiro – 13ª rodada
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 03/07/2016
Horário: 11h
Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez  (PE-Fifa)
Assistentes: Cleberson do Nascimento Leite (PE) e Bruno Cesar Chaves Vieira (PE)

Cruzeiro: Fábio; Lucas (Gino), Bruno Viana, Bruno Rodrigo e Bryan; Romero e Ramires; Robinho (Cabral), Arrascaeta e Elber; Willian. Técnico: Paulo Bento.

Vitória: Caíque; Diego Renan, Kanu, Victor Ramos e Ramon; Amaral, Willian Farias e Tiago Real; Marinho e Kieza. Técnico: Vagner Mancini.