Esporte News

Flu pode faturar até R$ 700 mil se chegar ao Nordestão

As atenções do Fluminense se voltam agora para a disputa do 3º lugar no Campeonato Baiano 2016, quando o Touro do Sertão busca retornar ao Campeonato do Nordeste em 2017. A competição, cujo Touro do Sertão é um dos fundadores, é considerada muito importante por dirigentes e jogadores para a próxima temporada, onde o clube pode faturar até R$ 700 mil de receitas.

Flu pode faturar até R$ 700 mil se chegar ao Nordestão


O vice-presidente de futebol do Fluminense, Luiz Paolilo Filho, dentre os atuais dirigentes é o que mais conhece a fundo a história do Campeonato do Nordeste e não pestaneja ao afirmar que o time tem buscar o Nordestão a todo custo. “Acompanhei a criação da Liga do Nordeste, sendo que o Fluminense foi um dos clubes fundadores e se trata de uma competição de grande nível e geradora de grandes receitas. Depois que a competição deixou de ser realizada participei da luta junto com outros clubes para que voltasse a ser realizada e finalmente em 2009/2010 conseguimos que Nordestão retornasse”, lembra.

Mesmo sem ter obtido índice nos últimos anos para participar da competição, o dirigente continuou fazendo parte da Liga do Nordeste como membro do Conselho Fiscal e garante a competição como uma grande fonte de receita para os clubes. “Para se ter uma ideia, somente este ano, cada clube que participou pegou em média de R$ 550 mil e as projeções apontam para 2017 uma média entre R$ 650 e 700 mil. Isso seria maravilhoso para o Fluminense, que mesmo fazendo uma grande campanha em campo, passou sérias dificuldades, principalmente por não ter o Joia da Princesa e as nossas fontes de receita foram extremamente prejudicadas”, disse Paolilo.

Como o time passa por um processo de transformação é imprescindível que as finanças estejam em ordem. “O nosso objetivo é esse e por conta disso, conclamo a torcida, a imprensa, os empresários para estarem junto conosco nesta empreitada para que o Fluminense volte a disputar o Nordeste, como terceira força do futebol baiano”, declara Luiz Paolilo Filho.

A decisão do terceiro lugar será diante da Juazeirense: o primeiro jogo será no próximo sábado (30) em Riachão do Jacuípe, e o segundo jogo  será no dia 7 de maio no Estádio Adauto Moraes em Juazeiro. “Mesmo sendo um sábado de Micareta é importante a presença de todos em Riachão para incentivar o nosso time. É o mínimo que se pode fazer para o tanto que esse grupo vem fazendo durante todo este tempo”, observou o dirigente.

Site do Flu