Esporte News

Shanghai Shenxin recusa oferta do Bahia e Kieza deixa do tricolor

Através de nota publicada em seu site oficial no início da tarde desta terça-feira (12), o Bahia comunicou que não conseguiu chegar a um acordo com o Shanghai Shenxin, da China, para continuar com o atacante Kieza. 

Shanghai Shenxin recusa oferta do Bahia

Desde o dia 10 de novembro de 2015, o tricolor negociava com o clube asiático. Neste período, ofertas de compra e empréstimo foram realizadas e não se chegou a um consenso. "O Esporte Clube Bahia agradece a Kieza e ao seu procurador Igor Albuquerque pelo esforço pessoal e profissional para concluírem com êxito esta operação, chegando, inclusive, a acerto de contrato para o período de três anos com o Esquadrão de Aço. 

Respeitamos, contudo, a posição do Shanghai Shenxim, detentor do atestado federativo, em negociá-lo com outro clube. Sucesso e felicidades ao atleta na carreira", diz o comunicado. Entre julho de 2014 e o final de 2015, Kieza marcou 35 gols com a camisa do Bahia. O atacante está próximo de um acerto com o São Paulo