Esporte News

Daniel Alves diz que Guardiola queria treinar seleção brasileira na Copa do Mundo

O lateral-direito Daniel Alves revelou nesta terça-feira que Josep Guardiola tinha projeto de assumir a Seleção Brasileira antes da Copa do Mundo. De acordo com o jogador do Barcelona, em entrevista à ESPN, o treinador espanhol tinha estratégia e até time definido para o Brasil atuar no Mundial de 2014, em casa.

Daniel Alves diz que Guardiola queria treinar seleção brasileira na Copa do Mundo

"Eu pago por ser linguarudo, mas não conto mentira. Antes da Copa, o Pep queria treinar a seleção brasileira e não quiseram", revelou o lateral, que trabalhou sob o comando de Guardiola no Barcelona entre 2008 e 2012. Com Guardiola, Daniel Alves comemorou dois títulos da Liga dos Campeões e dois Mundiais de Clubes, entre outros troféus.

Daniel Alves afirmou que Guardiola, considerado um dos melhores técnicos da atualidade, havia definido até uma estratégia adequada para a seleção brasileira brilhar nos gramados da Copa. "O Pep falou que queria fazer a gente campeão do mundo e tinha toda a estratégia e não quiseram", declarou. "Desde que eu estou na seleção, ele já tinha o time na cabeça, já tinha a equipe que ele queria para treinar o Brasil."

De acordo com o lateral, a CBF temia a reação da torcida diante de um treinador estrangeiro. "Falaram que não sabiam se o Brasil iria aceitar. Se não aceitamos o melhor do mundo, que pode nos fazer melhores, você não se preocupa com a seleção brasileira", criticou o jogador, na véspera de completar um ano do fatídico 7 a 1, em que o Brasil foi eliminado da Copa pela Alemanha na semifinal.

A declaração de Daniel Alves coincide com recente declaração do técnico Dunga, que desdenhou de uma possível ajuda de treinadores europeus para auxiliar a recuperação da seleção, eliminada nas quartas de final da Copa América.

Dunga esteve na segunda-feira em encontro da CBF, que reuniu ex-técnicos do Brasil para apresentar soluções para o futebol nacional. "Não podemos nos levar por modismos. Ter referências é sempre bom, mas queremos resgatar o futebol brasileiro ou copiar o europeu? O mais importante é buscar soluções aqui dentro", dissera Dunga.

Salário

Daniel Alves revelou também que Guardiola não pretendia receber altos salários no comando da seleção. Pelo seu projeto, ele só seria recompensado se a seleção conquistasse o hexacampeonato.

"O Pep é o melhor treinador do mundo. O cara mais gestor esportivo que eu vi. Um cara que revolucionou o futebol, um time, uma equipe. Tivemos a chance de ter o cara sem ter que gastar, se o problema é dinheiro. A intenção dele era só receber se tivesse o resultado esperado pelo povo brasileiro. Você deixa passar uma oportunidade dessa? Você não pensa na seleção brasileira", disse o jogador, alfinetando novamente a CBF.

Atarde