Esporte News

Primeiro Ba-Vi do ano termina empatado

Primeiro Ba-Vi do ano termina empatado
Mesmo com um homem a mais em boa parte do jogo, o Vitória ficou apenas no empate em 1 a 1 com o Bahia neste domingo (1º), no Barradão, em duelo válido pela quinta rodada do Campeonato Baiano. O meia-atacante Vander não escondeu a decepção pelo resultado.

“Empate com gosto de derrota. Parecíamos que tínhamos  dez jogadores em campo. Isso não pode acontecer”, afirmou o atleta.

Com o resultado,  o Rubro-Negro chegou aos nove pontos e permanece na segunda colocação geral do Campeonato Baiano. Agora, o time comandado pelo técnico Ricardo Drubscky volta suas atenções para a Copa do Nordeste. Na quarta-feira (4), a equipe encara o América-RN, fora de casa.

Um jogo muito movimentado marcou o primeiro clássico entre Bahia e Vitória no ano de 2015, disputado neste domingo (1º) no Barradão. Pela 5ª rodada do Campeonato Baiano, o polêmico Neto Baiano (no 1º tempo) e o argentino Maxi Biancucchi (no 2º tempo) marcaram em um Ba-Vi que foi assistido por 14.305 torcedores. Com o resultado, o Vitória chegou aos 9 pontos conquistados, enquanto o tricolor baiano chegou aos 7 pontos.

FICHA TÉCNICA:
Campeonato Baiano­ 5a rodada
Vitória x Bahia
Local: Barradão, em Salvador
Data: 01/03/2015
Árbitro: Jailson Macedo Freitas
Auxiliares: José Raimundo Dias da Hora e Jucimar dos Santos Dias.
Cartões amarelos: Fernando Miguel, Euller, Amaral, Vander, Èlton (Vitória) / Maxi, Titi, Tony, Rômulo, Thales, Raul (Bahia)
Cartão vermelho: Pittoni
Gols: Neto Baiano (Vitória) / Maxi (Bahia)

Vitória:  Fernando Miguel, Nino Paraíba, Ednei, Saimon, Euller; Amaral (Jorge Wagner), Flávio, Vander, Escudero; Rogério (Rhayner), Neto Baiano (Élton).

Bahia: Jean; Tony, Railan, Thales, Titi e Raul; Tiago Real, Souza (Bruno Paulista), Pittoni; Maxi (Rômulo), Léo Gamalho (Willians Santana) e Kieza. Técnico: Sérgio Soares.