Esporte News

Deputado Pastor Manassés critica prefeitura local após fracasso no Baiano

Deputado Pastor Manassés critica prefeitura local após fracasso no Baiano
Em seis jogos após o retorno à primeira divisão do Campeonato Baiano, o Jacobina não conseguiu vencer. Foram três empates e três derrotas na primeira fase da competição, dando ao jegue da chapada a penúltima colocação e a ida para o mata-mata do rebaixamento. Com um grande investimento e a contratação do técnico Andrade (demitido na 5ª rodada), o Jacobina decepcionou seus torcedores e um de seus dirigentes, o Deputado Pastor Manassés. Em entrevista ao site Bahia Notícias, o cartola elencou os fatores que levaram o clube ao insucesso no certame.

"Infelizmente não alcançamos a nossa meta. Foi feito um planejamento e um investimento altíssimo nos nossos jogadores e comissão técnica. São coisas do futebol e quando a bola não entra, complica. Nos preparamos dois meses antes Jogadores de potencial, de nível alto, mas infelizmente os resultados não vieram. Não houve o retorno, tivemos prejuízo, além do descrédito", explicou.

Manassés também lembrou que o clube não jogou em sua cidade, o que, segundo ele, atrapalhou o desempenho do time. Segundo o deputado/dirigente, houve má vontade da prefeitura de Jacobina."Sem mando de campo, fomos muito atrapalhados. Não tivemos o apoio da torcida, que é algo fundamental, teve muita má vontade da prefeitura de Jacobina, acho que eles não gostam de futebol. É um negócio que eu não consigo compreender".

Para explicar sua tese, Manassés indicou à reportagem um vídeo onde o vice-prefeito da cidade, José Maria Fagundes, ironizou a torcida do jegue da chapada após derrota para o Colo-Colo, pela 5ª rodada do Baiano.

Bahia Notícias