Esporte News

Catuense não vai disputar segunda divisão em 2016

Catuense não vai disputar segunda divisão em 2016
Rebaixada para a segunda divisão do Campeonato Baiano, após a derrota para o Feirense no último sábado (21), por 1 a 0, a Catuense não deve disputar a competição em 2016. Através das redes sociais, o atual presidente do clube, Roberto Pena, lamentou o descenso, pediu desculpas aos torcedores e relatou que a agremiação vai paralisar as atividades no próximo ano.

"Começo de ano difícil, mas Deus sabe de tudo! Passei por situações que não desejo a ninguém. Ao longo dessa jornada, sendo presidente da Catuense, time que amo e que vou torcer onde estiver até o último dia da minha existência !! Quero pedir desculpas primeiro a meu avô pelo desempenho da equipe e aos torcedores catuenses!!! Venho avisar que a Catuense vai se afastar dos gramados em todas as suas categorias por um bom tempo. Aqui ficam as minhas sinceras desculpas pelo rebaixamento da Catuense", relatou o dirigente.

Em contato com a reportagem do site Galáticos Online, Pena explicou os motivos que o levaram a tomar tal decisão. "No que depender de mim não [vai disputar segunda divisão do Baianão em 2016]. Só se alguém quiser assumir o time. O futebol baiano me desanimou, está muito difícil. Nosso time não reagiu, perdemos alguns jogos, mas acho que a fórmula [de disputa] não atrapalhou", destacou.

Pena apontou que a falta de um equipamento esportivo em Catu e a não liberação do estádio Mariano Santana, em Serrinha, foram muito prejudiciais à Catuense. "50% do que prejudicou foi isso. Tivemos déficit, viagens fora, jogos sem torcida, sem incentivo. Não tivemos nossa torcida para nos dar apoio", lamentou o dirigente.

Galaticos