Esporte News

Nada novo: Vitória perde para o Náutico em São Luís

Nada novo: Vitória  perde para o Náutico em São Luís
O início de temporada 2015 tem sido preocupante e frustrante para a torcida do Vitória. Para quem esperava uma mudança de postura e qualificação no elenco se decepcionou mais uma vez com a diretoria do clube.

Após um triunfo apertado sobre o Jacuipense sob vaias da torcida, no Barradão, o Rubro-Negro voltou a apresentar um futebol pífio. Desta vez, nesta quinta-feira (22), o Leão foi derrotado pelo Náutico por 2 a 1 no Castelão, em São Luís, em amistoso válido pela Supercopa do Maranhão.

Com a derrota, o time baiano disputará o terceiro lugar do torneio contra o derrotado do clássico local entre Moto Club e Sampaio Corrêa. A partida será realizada no próximo domingo (25).

Os Gols

O Náutico abriu o placar aos 37 minutos do primeiro tempo. A bola foi lançada na área, a zaga falhou e João Paulo chutou rasteiro cruzado para marcar. Gustavo ficou olhando e nem pulou para tentar a defesa.

Mas, aos 42, o Vitória chegou ao empate. Escudero cobrou escanteio na área, Kadu subiu mais que a zaga e testou para as redes.

Mas, aos 17 do segundo tempo, o Timbu voltou à frente do placar em nova falha da zaga rubro-negra. Após cobrança de falta da lateral, Gastor subiu sozinho e tocou de cabeça no canto direito de Gustavo.

Com sérias dificuldades de criação e clara falta de qualidade no time, o Vitória não conseguiu buscar o empate e deixou o campo com a primeira derrota de 2015.

Vitória 1 x 2 Náutico
Super Copa do Maranhão

Local: Estádio Castelão, em São Luís (MA)
Data: 22 de janeiro, quinta-feira
Horário: 18h30
Árbitro: Maikon Matos Nunes
Cartões amarelos: Flávio e Josimar (NAU)
Gols: João Paulo e Gaston (NAU); Kadu (VIT)

Vitória
Gustavo, Nino Paraíba, Ednei, Kadu e Mansur; José Welison, Gabriel Soares (Marcelo), Escudero e Vander (Mauri); Willie e Léo Ceará (Wellington). Técnico: Ricardo Drubscky.

Náutico
Julio César; David, Elivelton, Flávio (Welton Felipe) e Gaston; João Ananias, Fillipe Souto, Josimar e Bruno Alves; João Paulo e Jefferson Renan (Preto). Técnico: Moacir Junior.