Esporte News

Vitória encara Atlético Nacional pela Copa Sul-Americana

Atlético Nacional pela Copa Sul-Americana
 O técnico Ney Franco, do Vitória, decidiu poupar alguns titulares, mas nem por isso vai abrir mão de conquistar um resultado positivo diante do Atlético Nacional (COL), nesta quarta-feira (1º), em Medellín, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana.

Para o confronto, o Vitória irá apenas com três titulares: Júnior Fernández, Nino Paraíba e Luiz Gustavo. A comissão técnica optou por preservar alguns atletas para não estourá-los fisicamente, já que a equipe ocupa a 18ª posição no Campeonato Brasileiro e tem um compromisso importante na luta contra a degola. No próximo sábado (4), encara o Botafogo, no Barradão.

O zagueiro Luiz Gustavo pediu paciência e atenção ao time Rubro-Negro, principalmente pela velocidade da equipe colombiana. “Temos que ter paciência. Sabemos que o time deles tem alguns jogadores rápidos ali na frente. Então, temos que ter atenção e procurar neutralizar esse ponto forte do time deles”, disse ao Bahia Notícias.

O duelo marcará a primeira partida internacional do zagueiro Ednei. O defensor se diz tranquilo e espera volta para Salvador com um bom resultado na bagagem. “Vai ser minha primeira partida internacional, mas estou tranquilo. Só aquela expectativa normal de sempre. Tudo o que eu quero ter essa chance de jogar e ajudar o Vitória a ter um bom resultado aqui na Colômbia”, afirmou.

Já o Atlético Nacional, algoz do arquirrival Bahia em 2013 na Copa Sul-Americana, é comandado pelo técnico Carlos Osório. Chegou às oitavas depois bater o General Díaz (PAR) por 3 a 1 fora de casa. Na Libertadores fez boa campanha e chegou até às quartas.

FICHA TÉCNICA
Atlético Nacional x Vitória
Copa Sul-Americana – Oitavas de final
Local: Estádio Atanasio Girardot, em Medellín (COL)
Data: 1 de setembro de 2014, quarta-feira
Árbitro: Carlos Vera (EQU)
Assistentes: Carlos Herrera (EQU) e Edwin Brabo (EQU)

Atlético Nacional: Franco Armani; Daniel Bocanegra, Farid Diáz,Francisco Najera e  Oscar Murilo; Alexander Mejía, Edwin Cardona, Wilder Guisao e Cárdenas; Tréllez e Jonathan Copete. Técnico: Carlos Osório.

Vitória: Júnior Fernández; Nino Paraíba, Luiz Gustavo, Ednei e Mansur; Adriano, José Welison e Luís Aguiar; Edno, Marcos Júnior e Guillermo Beltrán. Técnico: Ney Franco.

Bahia noticias