Esporte News

STJD exclui Icasa da Série B e abre caos no brasileirão da segundona

O Icasa foi excluído da Série B do Campeonato Brasileiro pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) em julgamento realizado nesta sexta-feira. O motivo da punição foi a entrada do clube cearense na Justiça comum para pleitear uma vaga na Série A do Campeonato Brasileiro deste ano.

STJD exclui Icasa da Série B

Na ocasião, o Icasa acusou o Figueirense, uma das quatro equipes a conquistar o acesso, de ter escalado um atleta de forma irregular. Por três votos a um, o clube cearense, que terminou a Série B de 2013 em quinto, foi penalizado por acionar a Justiça comum antes de esgotar todas as instâncias da Justiça Desportiva.

No julgamento desta sexta, o advogado do clube, Osvaldo Sestário, argumentou que o caso já estava prescrito, uma vez que a denúncia da CBF ocorreu 60 dias após o fato. O relator do caso, Lucas Rocha, no entanto, pediu a aplicação da pena. O órgão enquadrou o clube no Artigo 231 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. Por três votos a um, o Icasa foi excluído do torneio e condenado a pagar uma multa de 50.000 reais.

O clube do Ceará, que atualmente ocupa a 16ª colocação da Série B, vai recorrer da decisão. A princípio, o jogo entre Icasa e Ponte Preta, válido pela primeira rodada do returno da Série B do Campeonato Brasileiro, está mantido, mas a decisão abre as portas para uma grande confusão na Série B – afinal, se a exclusão for sacramentada, o campeonato ficará com um clube a menos, provocando o cancelamento de todos os jogos do Icasa na tabela.

 O presidente do STJD, Caio Rocha, decidirá se a pena será aplicada imediatamente ou se aguardará o pleno do STJD para validar a punição. O jogo contra a Ponte Preta está marcado para a próxima sexta, às 19h30, em Juazeiro do Norte.

Com agência Gazeta Press