Esporte News

Crac anuncia a desistência da Série C

O Crac está fora do Campeonato Brasileiro da Série C
O Crac está fora do Campeonato Brasileiro da Série C. Em crise financeira, o Leão, que já estava em maus lençóis na tabela de classificação, optou por desistir da competição. A situação, porém, ainda pode ficar pior, pois o clube de Catalão pode ser punido pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) com dois anos de suspensão de qualquer disputa profissional da entidade, ou de suas respectivas Federações.

A desistência foi confirmada pelo próprio presidente do clube, Elson Barbosa, e pelo técnico Moisés Egert. O mandatário garantiu que tomou a decisão, pois a situação estava incontrolável. O Crac não pôde contar com o apoio prometido da prefeitura e acabou criando uma dívida com o atual elenco de mais de dois meses de salários atrasados, que acabou deixando a situação insustentável.

“Isso já está decidido. Nós não vamos mais disputar a Série C, porque não temos recursos para isso. Falta o apoio que recebíamos antes da Prefeitura e que não recebemos mais. Os jogadores estão com os salários atrasados há dois meses e não quiseram esperar até a próxima terça-feira para dar um prazo ao clube. Então, vou informara à CBF amanhã (quarta-feira) que infelizmente estamos fora da competição”, afirmou o presidente.

Com a desistência da Série C, o Crac será enquadrado no Artigo 21 do Regulamento Geral da competição que diz que: um clube poderá desistir de disputar o Campeonato Brasileiro da Série C de 2014, desde que o faça com uma antecedência mínima de 30 dias do início da competição, explicando os motivos através de ofício dirigido à sua federação”

Punição: 2 anos sem disputar competições oficiais organizadas pela CBF ou suas respectivas Federações