Esporte News

CBF negocia retorno de Dunga para a Seleção Brasileira

 Dunga pode ser o novo técnico da Seleção Brasileira. De acordo com a agência Reuters, a conversa entre o ex-treinador do Brasil e a CBF está avançada. O site ESPN.com.br também divulgou que a entidade acerta os últimos detalhes para o retorno de Dunga ao cargo. Pelo visto, a contratação do substituto de Luiz Felipe Scolari já está realmente na reta final. Isso porque a CBF confirmou neste sábado, 19, que vai anunciar o nome na próxima terça, 22, às 11 horas.

Tite era o mais cotado para assumir a seleção, mas o nome dele "emperrou" na presidência. O atual gestor José Maria Marin e o presidente eleito Marco Pollo Del Nero não aceitam a sua contratação, por conta da proximidade de Tite com Andrés Sanchez, opositor da CBF.

A proximididade de Dunga, que saiu da CBF queimado após a derrota na Copa de 2010, com o novo coordenador de seleções da CBF, Gilmar Rinaldi, pode ter ajudado na negociação. Os dois jogaram juntos no Internacional e pela seleção brasileira, quando conquistaram o tetracampeonato.

 Mas também pesa a favor de Dunga o fato de que ele não demonstra preocupação com marketing e visual, então deve priorizar os treinamentos e jogos. Pelo visto, a pouco experiência como técnico não atrapalhou o ex-capitão do Brasil. Depois que deixou a seleção, seu primeiro trabalho como treinador, Dunga assumiu o Internacional em 2013 e ganhou os dois turnos do Campeonato Gaúcho, mas deixou o cargo após quatro derrotas seguidas no Brasileirão.

Dunga tinha sido chamado para comandar a seleção da Venezuela e estava prestes a fechar contrato, mas voltou atrás. Pelo visto, pensando no convite para a Seleção Brasileira.

Informações Atarde