Esporte News

Bahia pega o Corinthians pela 3ª fase da Copa do Brasil

 O momento é de crise, mas o Bahia tem uma marca respeitável e, com ela, um bom motivo para acreditar num triunfo nesta quarta-feira, 22, às 22h, contra o Corinthians, pela Copa do Brasil. A partida de ida pela terceira fase será a primeira do Tricolor no Itaquerão, um dos palcos da Copa de 2014. Nos outros que visitou, o Tricolor quase sempre se deu bem.

O tour do Esquadrão de Aço começou em 27 de janeiro do ano passado, quando venceu o Ceará por 1 a 0, pela fase de grupos da Copa do Nordeste, na reinauguração do Castelão  o primeiro estádio a ficar pronto para o Mundial. O gol inaugural da nova praça foi marcado pelo meia Kléberson.

O Bahia jogou ainda na Arena Pernambuco, onde venceu o Náutico, por 1 a 0, no dia 17 de novembro, e no Mineirão, praça na qual bateu o Cruzeiro por 2 a 1, no dia 1º de dezembro. Ambas as partidas válidas pelo Brasileirão do ano passado. A última, vale lembrar, teve um gosto especial por livrar o Tricolor do rebaixamento.

O Maracanã foi o palco da Copa fora de Salvador onde o Esquadrão mais jogou, e o único onde teve também derrotas. Se por um lado perdeu para o Fluminense, por 1 a 0, no dia 7 de setembro, e para o Flamengo, por 2 a 1, no dia 16 de outubro, o Bahia manteve a rota de vitórias em estádios do Mundial contra o Botafogo: 2 a 1, no dia 22 de setembro - todos pelo Brasileirão do ano passado.

Outro estádio do Mundial que abrigou jogos do Bahia foi, é claro, a Fonte, onde o time viveu alegrias - como o 2 a 0 sobre o Vitória que encaminhou o título estadual deste ano - e tristezas - as goleadas sofridas ante o rival em 2013 (5x1 e 7x3).

O lateral Diego Macedo ainda é novo no clube. Chegou no final de março. Por isso, admite não conhecer e se surpreender com o detalhe. "Não sabia! Vamos fazer uma oração para continuar com essa marca", afirmou.

Íntimo do Timão

Diego não fez parte do grupo que construiu esse histórico, mais é quem mais conhece o Itaquerão no elenco tricolor. Isso porque, antes de vir para o Bahia, ele defendeu o Corinthians, e se recorda com carinho de um treino no estádio, o primeiro do Timão na sua nova casa, quando ainda estava em reta final de construção.

"Deu para ver que é um estádio muito bom. Vai favorecer a gente, uma equipe que toca bem a bola", reflete. O treino em questão aconteceu no dia 15 de março e teve os operários da obra como torcida. Em campo, o time realizou um rachão e posou para fotos. "O estádio ainda não estava pronto, tinha estruturas sendo montadas e operários trabalhando, mas foi muito prazeroso", completa Diego.

Para enfrentar o Corinthians, o técnico Marquinhos Santos terá três desfalques: O zagueiro Demerson, além dos atacantes Rhayner e Henrique, com problemas musculares. O comandante também não conta com Kieza, ainda não regularizado. Por outro lado, Marcos Aurélio está, enfim, à disposição e joga ao lado de Maxi no ataque. A outra novidade é Adailton, que atuará pela primeira vez como titular, na vaga de Demerson, e forma zaga com Titi.

Corinthians x Bahia - Jogo de ida da 3ª fase da Copa do Brasil

Local: Arena Itaquerão, em São Paulo
Quando: quarta-feira, 23, às 22 horas

Árbitro: Igor Junio Benevenuto
Assistentes: Celso Luiz da Silva e Luiz Antonio Barbosa (trio de Minas Gerais)

Corinthians - Cássio, Fagner, Cléber, Gil e Fábio Santos; Ralf, Elias, Petros e Jadson; Luciano (Romero)  e Guerrero. Técnico: Mano Menezes.

Bahia - Marcelo Lomba, Diego Macedo, Adaílton, Titi e Guilherme Santos;  Uelliton, Fahel, Léo Gago e Emanuel Biancucchi; Marcos Aurélio e Maxi Biancucchi. Técnico:  Marquinhos Santos.

Atarde