Esporte News

Bahia encara o São Paulo na volta do recesso da Copa

O Bahia volta da pausa para a Copa do Mundo com uma pergunta no ar: quem será o substituto de Anderson Talisca, vendido ao Benfica? A primeira chance de responder à essa questão do torcedor acontece nesta quarta-feira, 16, contra o São Paulo, às 22h, na Fonte Nova, pela 10ª rodada do Brasileirão.

O cenário ainda é incerto. O técnico Marquinhos Santos poderia até se valer das contratações feitas durante o intervalo, mas nem todos os reforços foram regularizados a tempo para a partida.

Os 41 dias da pausa pareciam suficientes para recuperar os jogadores que estavam no departamento médico, mas o meia Lincoln, caso mais grave, segue em tratamento. Para completar, o comandante não conta com o goleiro Marcelo Lomba e o lateral-direito Roniery, expulsos na última partida antes do recesso, contra o Sport.

O treinador é quem mais lamenta a falta que Talisca vai fazer. "Ele foi provavelmente o nosso principal jogador no primeiro semestre. Foi um dos jogadores que mais souberam aproveitar a proposta tática, e montamos a equipe em função dele", disse Marquinhos, que não consegue esconder a frustração de ainda não contar com todas as peças.

"A ausência dele sem a regularização dos contratados e também sem o retorno do Lincoln faz com que tenhamos cautela nesse retorno. Vamos reestruturar o time de maneira gradativa", disse.

Segundo o próprio comandante, o principal candidato para substituir o antigo camisa 94 é Marcos Aurélio, contratado há 20 dias. "É um jogador que se aproxima das características do Talisca de armação e de chegada na área para fazer gols. Temos testado situações com o Branquinho e o Emanuel Biancucchi também", explicou. O problema é que o jogador, que veio do futebol coreano, é um dos que ainda não estão regularizados. O atacante Kieza, contratado a poucos dias, é o outro.

Mistério total

A verdade é que pouco se sabe do que Marquinhos está preparando para driblar a ausência de Talisca e Marcos Aurélio. O Bahia fechou o treino de terça, 15, na Fonte Nova, o último antes de enfrentar o Tricolor Paulista. Foi acordado que a imprensa poderia registrar os 15 minutos finais, mas quando o acesso foi liberado, a maioria dos atletas batia em retirada.

Resultado: mistério total para o torcedor e para o técnico adversário, Muricy Ramalho. Seja lá o que Marquinhos pretende fazer, o certo é que passa pelo volante Léo Gago, único reforço regularizado que deve ser titular. Diego Macedo, Uelliton e Rhayner voltam de lesão. No gol, o substituto do suspenso Lomba será Douglas Pires.

Na provável formação, Branquinho vai fazer a função deixada por Talisca. O meia participou dos jogos-treino contra o Confiança e contra o time de juniores, com bom desempenho em ambos.

Novo patrocínio

O Bahia terá um novo patrocínio na partida desta quarta. A Canaã Alimentos chegou a um acordo com o Tricolor e vai estampar sua marca na camisa contra o São Paulo e contra o Atlético-MG, no sábado. Depois, a empresa ficará como parceira apenas em peças publicitárias.

Bahia x São Paulo - 10ª rodada do Campeonato Brasileiro

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Quando: quarta-feira, 16, às 22 horas
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva
Assistentes: Luis Diego Nascimento Lopes e Heronildo Sebastião Freitas da Silva

Bahia - Douglas Pires, Diego Macedo, Demerson, Titi e Guilherme Santos; Fahel, Uelliton, Léo Gago e Branquinho; Maxi Biancucchi e Rhayner. Técnico: Marquinhos Santos.

São Paulo - Rogério Ceni, Douglas, Rodrigo Caio, Antônio Carlos e Álvaro Pereira; Souza, Maicon e Ganso; Ademílson (Pato), Osvaldo (Denilson) e Alan Kardec. Técnico: Muricy Ramalho.

Atarde