Esporte News

Bahia e Botafogo duelam na Fonte Nova

 Triunfo sobre o Figueirense na Arena Barueri. Dias depois, pela Copa do Brasil, outro resultado positivo desta vez sobre o Villa Nova-MG. Então, para não deixar a peteca cair, mantendo uma sequência de resultados positivos, o Bahia entra em campo neste domingo (4) para enfrentar o Botafogo, às 16h, na Arena Fonte Nova.

São clubes em momentos distintos. O tricolor, campeão baiano, está sob um clima de paz. Salários pagos corretamente, boas atuações e apoio da torcida. Do outro lado, com quase três meses de salários atrasados, um Botafogo eliminado no estadual e na Taça Libertadores, que ainda não venceu no Brasileirão.

Independente da boa fase, o tricolor baiano tem problemas nas duas laterais para enfrentar o alvinegro carioca. Diego Macedo, com uma lesão na clavícula, ficará um longo tempo sem entrar em campo. Railan e Roniery disputaram a posição, mas o segundo levou a melhor e será titular neste domingo (4).

A situação do lado esquerdo é mais delicada. Guilherme Santos, com uma lesão muscular, desfalcou a equipe nas últimas quatro partidas. Recuperado, o lateral treinou normalmente na última semana. No entanto, na sexta-feira (2), sentiu dores mais uma vez na coxa esquerda.

Avaliado, Guilherme Santos foi vetado pelo departamento e desfalca o Bahia mais uma vez na temporada de 2014. Espaço para o jovem Pará que, com uma sequência de bons jogos, continuará como dono da camisa 6.

Lá na frente, fora da partida pela Copa do Brasil, o atacante Rhayner está recuperado do incômodo muscular e confirmado na equipe. Fahel e Lincoln, poupados no meio da semana, são mais dois reforços.

FICHA TÉCNICA:
Série A – 3ª rodada
Bahia x Botafogo
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Horário: 16h
Data: 04/05/2014
Árbitro: Raphel Claus (SP)
Auxiliares: José Javel Silveira (RS) e Alexandre Kleiniche (RS)

Bahia: Marcelo Lomba; Roniery, Demerson, Titi  e Pará; Fahel, Uelliton, Maxi Biancucchi, Lincoln e Rhayner; Talisca. Técnico: Marquinhos Santos.

Botafogo: Jéferson; Edilson, Dankler (Bolívar), Dória e Junior César; Gabriel, Bollatti, Daniel e Lodeiro; Emerson Sheik e Zeballos. Técnico: Vágner Mancini.


Bahia Notícias