Esporte News

Ex-Real Madrid e Chelsea, Anelka é do Galo

O presidente do Atlético-MG não se importou com o horário e, pouco depois das 2h da madrugada deste domingo, voltou a usar as redes sociais e anunciou o francês Anelka como novo reforço do Galo.

Curiosamente, no próprio sábado, Alexandre Kalil havia desmentido e argumentado que o clube mineiro não tinha dinheiro suficiente para fechar com o atacante. O mandatário mandou o recado para a torcida alvinegra:

- Anelka é do Galo - confirmou Kalil em sua página oficial no Twitter.

Aos 35 anos, Anelka estava sem clube desde o final do ano, quando se desligou do West Bromwich Albion, da Inglaterra, e, por isso, não se enquadra na janela de transferências internacionais. Ele rescindiu o contrato com o clube inglês após ser punido com suspensão de cinco partidas e multa R$ 311 mil pela Federação Inglesa por ter comemorado um gol com um gesto que foi considerado antissemita, no empate por 3 a 3 com o West Ham, no final do último ano.
O atacante francês foi oferecido ao Galo, mas a proposta inicial foi muito alta para o clube alvinegro. Depois de negociação, jogador e clube chegaram a um denominador comum para o acerto.

O presidente não informou detalhes do contrato. O fato de atuar no clube em que Ronaldinho Gaúcho joga pesou na decisão do francês. Os dois atuaram juntos no Paris Saint Germain, no ano em que R10 se transferiu para o futebol francês.

Confira a ficha do jogador:

Nome: Nicolas Anelka

Naturalidade: Versalles (França)

Clubes: Paris Saint-Germain-FRA (1995-1997), Arsenal-ING (1997-1999), Real Madrid-ESP (1999-2000), Paris Saint-Germain-FRA (2000-2002), Liverpool-ING (2002), Manchester City-ING (2002-2004), Fenerbahçe-TUR (20042006), Bolton Wanderers-ING (2006-2007), Chelsea-ING (2007-2011),  Shangai Shenhua-CHI (2012), Juventus-ITA (2013), e West Bromwich-ING (2013-2014).

Títulos: Campeonato Inglês (1998), Copa da Inglaterra (1998) e Supercopa da Inglaterra (1999), pelo Arsenal; Liga dos Campeões (2000), Campeonato Espanhol (2001) e Troféu Santiago Bernabéu (2000), pelo Real Madrid; Copa Intertoto da UEFA (2001), pelo Paris Saint-Germain; Campeonato Turco (2005), pelo Fenerbahçe; Copa da Inglaterra (2009 e 2010), Supercopa da Inglaterra (2009) e Campeonato Inglês (2010), pelo Chelsea; e Campeonato Italiano (2013), pelo Juventus.

Seleção francesa: atuou pela seleção entre 1998 e 2010, conquistou a Eurocopa (2000) e a Copa das Confederações (2001).