Esporte News

Botafogo convida Ney Franco, mas Vitória não libera

O Botafogo não deseja perder muito tempo para encontrar seu novo treinador. O primeiro nome da lista passou a ser Ney Franco, mas a expectativa, ao que parece, durou pouco tempo. Contactado na noite desta sexta-feira, o treinador do Vitória mostrou-se satisfeito com a proposta para retornar. No entanto, deixou claro que dificilmente será liberado pelo seu atual clube, mesmo após a disputa da final do Campeonato Baiano – o segundo jogo da decisão contra o Bahia será neste domingo.

Os dirigentes, então, buscam um plano B, e esperam avançar nas negociações neste sábado. Vagner Mancini continua na lista e permanece de sobreaviso, pois ainda é um nome que agrada. Outros treinadores são falados em General Severiano. Jorginho, que trabalhou em clubes como Palmeiras, Ponte Preta, Portuguesa, Bahia e Náutico, é um dos que correm por fora.

Ney Franco passou a ser o favorito do Botafogo pelos bons trabalhos feitos e pelo bom relacionamento que passou a ter após sua passagem por General Severiano. Ele foi o primeiro treinador da “era Maurício Assumpção”, presidente que assumiu em janeiro de 2009, permanecendo no clube mesmo após a saída de Bebeto de Freitas, no fim de 2008.

De julho de 2008 a agosto de 2009, Ney Franco comandou o Botafogo em 75 partidas, com 34 vitórias 18 empates e 23 derrotas. Mas apesar do bom relacionamento que ainda tem com os dirigentes, o treinador foi sincero ao dizer que dificilmente obteria a liberação por parte do Vitória.

Globo Esportes