Esporte News

Bahia de Feira perde para o Corinthians por 2x0 e é eliminado na Copa do Brasil

O Bahia de Feira estreou contra o Corinthians, no Joia da Princesa, e foi derrotado por 2x0, os dois gols de Luciano. Com o resultado a equipe baiana foi eliminada da competição, já que foi batido por dois gols de diferença.
O Bahia de Feira começou o jogo pressionando a saída de bola do Corinthians, e chegou com perigo ao gol de Cássio logo aos dois minutos, com chute de Jacson, de fora da área. O jogo ficou preso no meio de campo, com as equipes buscando trocar passes para chegar na área adversária.

Aos 16 minutos, mais uma vez o meia Jacson arriscou de fora da área, e exigiu boa defesa de Cássio, que espalmou para escanteio. Depois do susto, o time paulista acordou no jogo e passou a se livra da marcação na saída de bola do Bahia de Feira, que passou a ter menos posse de bola.
Aos 22 minutos, o Corinthians teve boa chance em bola enfiada para Luciano, que saiu cara a cara com o goleiro Maikon, mas foi marcado impedimento de forma equivocada - o atacante estava em condição legal.Nove minutos depois, não teve jeito: em mais uma bola enfiada em profundidade, dessa vez por Romarinho, Luciano se viu sozinho contra Maikon, e não peredoou: 1x0 para os paulistas.

O time do interior baiano pareceu ter sentido o gol e não se organizou ofensivamente em campo. O Corinthians não conseguiu passar novamente pela boa marcação do Bahia de Feira durante a primeira etapa, marcada por equilíbrio no meio campo.

Segundo Tempo

As equipes voltaram para o jogo sem alterações após o intervalo. Aos nove minutos, Jadson fez belo passe por entre a defesa do Bahia de Feira e encontrou Luciano. O atacante do Timão tentou encobrir Maikon e chutou para fora. O jogo voltou a ficar morno, com os times se estudando.

Aos 20 minutos, Romarinho cruzou e Luciano (sempre ele) cabeceou com perigo sobre o gol de Maikon. O domínio do clube paulista só foi quebrado cinco minutos depois, quando em lance confuso o zagueiro Gil colocou a mão na bola, e o árbitro optou por não marcar pênalti para o Bahia de Feira.

Logo na sequencia, o zagueiro Cleber marcou o segundo gol do Timão, mas ele foi corretamente anulado, pois ele estava impedido na cobrança de falta. Quatro minutos depois, a zaga do Bahia de Feira  furou de forma bizonha após cruzamento de Fagner. Orlan quase fez contra, mas Maikon conseguiu salvar.

O Timão continuou pressionando até o fim. Após chances com Gil e Romarinho, Luciano aproveitou o bate-rebate na grande área após grande jogade de Romarinho e Uendel e, aos 44 do segundo tempo, marcou o gol da classificação do time paulista.
Bahia de Feira: Maikon, Orlan, Bruno Itapagipe, Ramon, Alex Cazumba; Anderson, Coppetti, Joedson, Bruninho (Robert); Jacson (Pablo), Carlinhos (Jeferson). Técnico: Quintino Barbosa

Corinthians: Cássio, Fagner, Cléber, Gil, Fábio Santos (Uendel); Ralf, Guilherme, Renato Augusto (Danilo), Jadson (Malcom); Luciano, Romarinho. Técnico: Mano Menezes.