Esporte News

BAVI do Sub-20 termina empatado em Pituaçu

Na tarde desta terça-feira (9), Bahia e Vitória fizeram o primeiro clássico juniores de 2013. A partida, válida pelo Baianão Sub-20, terminou empatada em 1 a 1.

 Bahia e Vitória fizeram uma partida equilibrado. Então, após noventa minutos, o resultado não poderia ser outro: empate. Na tarde desta terça-feira (9), em Pituaçu, o primeiro clássico da categoria sub-20 ficou no 1 a 1. Bom para as duas equipes que seguem líderes dos seus respectivos grupos. O gol do Bahia foi marcado pelo volante Anderson, enquanto o atacante Léo deixou tudo igual para o Vitória.

Bahia e Vitória entraram em campo cheio de reforços do elenco profissional. Mas, nos primeiros minutos, apenas o tricolor mostrou serviço. Logo aos 3 minutos, o atacante Matheus, reserva no Bavi da categoria profissional no último domingo, teve a primeira oportunidade. O camisa 9 bateu cruzado e o goleiro Guilhermo pegou. 
 
O esquadrão continuou em cima. Aos 9, após boa jogada do lateral Railan, o zagueiro Josué quase marca, mas contra. O defensor do leão tentou afastar a bola e acertou em cheio o travessão. O público em Pituaçu era pequeno. Ou seja, a voz dos dois treinadores era o som mais ouvido no local. E foi depois de muita bronca, cobrando uma melhor saída de bola, que o Vitória atacou. Aos 30, o volante Alex fez boa jogada e bateu de fora da área. Renan se esticou e pegou no canto direito.
 
Bahia na frente
Aos 40 minutos, quando o rubro-negro era melhor na partida, o tricolor abriu o placar em Pituaçu. O zagueiro Josué saiu jogando errado e presenteou o meia Zé Roberto. O camisa 8 fintou Darlan e tocou para Anderson. O camisa 7 entrou na área e tocou na saída do goleiro, deixando o tricolor na frente do placar. Pouco depois, Zé Roberto arriscou de fora e quase amplia.

Vitória empata
O rubro-negro voltou para o segundo mais ofensivo. Com o atacante Léo no lugar do volante Darlan, o treinador Carlos Amadeu adiantou o posicionamento da equipe e diminuiu os espaços do Bahia. Não foi à toa que o gol de empate não demorou a sair. Aos 7, após cruzamento, o camisa 18 subiu sem marcação e testou para o fundo do gol. 


Clássico esquentou
Após o gol de empate do Vitória, o clássico sub-20 ganhou uma cara nova com muitas jogadas ríspidas e chances para os dois lados. Ítalo Melo, pelo Bahia, apareceu com liberdade, tentou a jogada individual e caiu na área. O árbitro mandou seguir e revoltou os jogadores do tricolor. Do outro lado, depois de uma falha de Maracás, o rápido Willie finalizou e levou perigo.
Aos 21, depois do escanteio, a defesa do Vitória cortou errado. Zé Roberto, de primeira, mandou por cima do gol. Chance desperdiçada para recolocar o Bahia à frente do placar. Aos 25, o treinador Carlos Amadeu perdeu uma peça importante. Willie levou uma pancada. Tentou continuar, mas não aguentou e saiu de campo.

Nos minutos finais, com os dois times visivelmente esgotados fisicamente, o Bahia assustou. Aos 37, Zé Roberto fez jogada individual e bateu no canto. Guilhermo se jogou e não teve dificuldades em defender. Aos 42, o goleiro Renan salvou o esquadrão. Léo, livre de marcação, bateu e primeira e o arqueiro salvou.

Bahia: Renan; Railan, Robson, Maracás e Vìtor; Amorim, Anderson, Talisca e Zé Roberto; Ítalo Melo (Carlos) e Matheus (Kel).
Vitória: Guilhermo; Guilherme; Josué, Mateus e Euller; Darlan (Léo); Alex, Gabriel Soares e Willie (Welisson); Mauri e Marconi.
Gols: Anderson (Bahia) / Léo (Vitória)

Por: Bahia Notícias