Esporte News

Bahia vence o Maranhão por 2 a 0 e elimina jogo de volta na Copa do Brasil

Futebol Baiano
Sob olhar do novo técnico Joel Santana, o Bahia fez bonito e venceu o Maranhão Atlético Clube (MAC), na noite desta quinta-feira, por 2 x 0, pela estreia das duas equipes na Copa do Brasil. Com este resultado, o tricolor eliminou a necessidade do jogo de volta, que aconteceria na Arena Fonte Nova, no dia 17. Agora, a equipe do Fazendão, que vai encarar a Luverdense ou Tupi na próxima fase da competição, se prepara para o confronto com o Vitória da Conquista, domingo, válido pelo Campeonato Baiano.

Golaço de Magal e expulsão marcam primeiro tempo de jogo
 
Apoiado por sua torcida e sob o comando do veterano meia Jackson, o Maranhão resolveu explorar rápidos contra-ataques para surpreender o tricolor baiano, em baixa após a goleada sofrida para o Vitória no final de semana, dentro da Arena Fonte Nova. Já a equipe visitante, sem mostrar desespero, procurou segurar o ímpeto dos mandantes, e deu certo.
 

E em um lance de muita categoria, aos nove minutos, o lateral Magal, contratado junto ao Flamengo no início desta temporada, fez uma linda jogada individual e bateu no canto esquerdo do goleiro Flauberth, marcando um golaço, seu primeiro desde que chegou ao Fazendão.  

Sem grandes emoções, o confronto ficou morno e o tricolor ainda perdeu um importante jogador aos 30 minutos: o atacante Souza. Após reclamar de tontura e mal-estar, o centroavante pediu para sair. Zé Roberto, que marcou o gol do time baiano no Ba x Vi do final de semana, entrou em seu lugar.
 
Três minutos depois de entrar em campo, Zé Roberto teve a chance de ampliar o marcador. Depois de ótima jogada individual de Obina, a bola sobrou para o meia entrar na área e bater colocado, para a excelente defesa de Flauberth, que salvou o MAC de mais problemas no duelo.
 
Mas se a situação já estava complicada para o time da casa, ficou ainda pior aos 45, no fim da etapa inicial. Após fazer falta dura no meio de campo em Fahel, o volante Francisco Júnior recebeu o segundo amarelo e foi expulso, deixando sua equipe com menos um em todo o segundo tempo.
Diones marca e tricolor elimina jogo de volta
 
Pressionando para tentar eliminar o jogo de volta, o Bahia retornou para o segundo tempo a todo vapor e logo aos oito minutos teve outra oportunidade de ampliar. Zé Roberto recebeu passe de Obina e tentou o chute, mas o zagueiro Grafite conseguiu interceptar antes da bola entrar.
 
Mantendo o ritmo, o tricolor marcou seu segundo gol aos nove. Com uma rápida triangulação, a bola sobrou nos pés de Rosales, que tocou para Diones dentro da grande área. O volante bateu em cima do defensor maranhense, encobrindo o goleiro e parando, mais uma vez, no fundo das redes.
 
Sem muita coordenação, o MAC tentou explorar a altura do atacante Casagrande em jogadas de cruzamentos na área, mas seu nenhum sucesso. A entrada de Zé Maria no intervalo ainda deu um novo ânimo à equipe do técnico Meinha, que, com um a menos, pouco assustou o tricolor.
 
E na base do tudo ou nada, o MAC conseguiu um pênalti aos 33. Após receber passe dentro da área, Zé Maria foi derrubado por Titi, que recebeu cartão vermelho no lance. Na cobrança, no minuto seguinte, o experiente meia Jackson bateu no meio do gol, dando a oportunidade de Omar fazer uma grande defesa.  
FICHA TÉCNICA
Copa do Brasil – 1º fase (jogo de ida)
MAC 0 x 2 Bahia
Local: Estádio Castelão, em São Luis (MA).
Data: 11/04/2013
Árbitro: Wladyerisson Silva Oliveira (CE)
Auxiliares: Armando Lopes de Sousa e Anderson Moreira de Farias  Gols: Magal e Diones
MAC: Flauberth; Marcelo, Grafite e Tica; Daylson, Jackson, Otávio (Zé Maria), Francisco Junior, Ideilson (Robson) e Raimundinho (Timarcos); Casagrande. Técnico: Meinha.
 
Bahia: Omar; Neto, Danny Morais, Titi e Magal; Diones (Marquinhos Gabriel), Hélder, Fahel e Paulo Rosales (Toró); Obina e Souza (Zé Roberto). Técnico: Eduardo Barroca.
 
Por: Bahia Notícias