Esporte News

Vitória e Ceará duelam por vaga na semifinal

A vantagem está na Toca do Leão. Mas nada está decidido. Com este cenário, Vitória e Ceará se enfrentam na tarde deste domingo pelo jogo de volta das quartas-de-final da Copa do Nordeste. O time baiano venceu o primeiro jogo por 2 a 0 e pode se dar ao luxo até de perder por 1 a 0 que garante a vaga na semifinal. Ao Ceará resta ganhar por mais de dois gols de diferença para continuar na luta pelo título da competição.

O Vitória chegou às quartas-de-final da competição com a segunda melhor campanha da primeira fase. O Ceará, por outro lado, foi o segundo de seu grupo. No jogo de ida, mesmo com o estádio Presidente Vargas lotado, o time da casa parou no goleiro Deola, que pegou até pênalti, e o Vitória soube aproveitar as oportunidades criadas para vencer por 2 a 0.

Logo após o final do jogo de quinta-feira, os jogadores do Vitória deixaram o gramado do estádio Presidente Vargas comemorando o fato da vantagem adquirida dentro de campo. No entanto, todos fizeram questão de ressaltar que a equipe precisa manter os pés no chão para não serem surpreendidos dentro do Barradão.

 A derrota em casa para o Vitória não estava nos planos do Alvinegro, que imaginava pelo menos um empate para tentar surpreender o time baiano no Barradão. Por isso, o clube chegou a Salvador no início da tarde da última sexta-feira, antes mesmo do Rubro-Negro.

Mesmo contando com reforços para a última partida, como Lulinha e Rafael Cruz, a equipe não soube aproveitar as oportunidades, que foram bastante lamentadas após o resultado.

 - É difícil engolir uma situação como essa, mas faz parte. Não adianta ficar lamentando. Que sirva de lição para que a gente possa em mais noventa minutos fazer o resultado lá. Da mesma forma que eles vieram aqui e conseguiram fazer dois gols, a gente pode chegar lá com tranquilidade e fazer o resultado - disse o volante Diogo Orlando.

O grupo relacionado para a partida em Salvador não teve grandes alterações em relação aos que estiveram na partida de ida, no PV. Apenas o lateral-direito Rafael Cruz, que sentiu no primeiro jogo, foi cortado e substituído pelo volante Fransérgio.

Ricardinho deve alterar a estratégia para vencer o Vitória em pleno Barradão. O Vovô precisa de pelo menos dois gols - e não tomar nenhum - para levar a decisão aos pênaltis. Lulinha, portanto, pode ganhar a vaga do garoto Gabriel, que atuou durante quase toda a partida no PV. O restante da equipe deve ser a mesma, ainda que atuando de forma mais ofensiva.

Assim, o Vovô deve entrar em campo com Fernando Henrique; Eric, Rafael Vaz, Cleiton e Gerley; João Marcos, Diogo Orlando, Ricardinho e Gabriel (Lulinha); Magno Alves e Anselmo.

Por: Globoesportes