Esporte News

Clubes aprovam fórmula do Baianão da 2ª Divisão 2013

Em reunião do Conselho Técnico, promovida nesta quarta-feira (27), na Federação Bahiana de Futebol (FBF), os clubes da 2ª Divisão do Baianão 2013 aprovaram a fórmula de disputa da competição. O campeonato, que vale duas vagas na elite do futebol baiano em 2014, será realizado entre 28 de abril e 28 de julho.

Nesta edição, dez clubes (Astro, Camaçari, Catuense, Colo-Colo, Flamengo de Guanambi, Galícia, Ipitanga, Itabuna, Jequié e Ypiranga) serão divididos em dois grupos regionalizados de cinco equipes. No Grupo 1 ficarão Camaçari, Catuense, Galícia, Ipitanga e Ypiranga. Já no Grupo 2 os duelos serão entre Astro, Colo-Colo, Flamengo de Guanambi, Itabuna e Jequié.

Na primeira fase, as agremiações disputarão jogos entre si, no sistema de ida e volta. As duas melhores de cada grupo avançam para as semifinais, onde a primeira colocada do Grupo 1 enfrenta a segunda do Grupo 2 e a primeira do Grupo 2 a segunda do Grupo 1, também em partidas de ida e volta.

Os dois vencedores dos confrontos estarão automaticamente classificados para a 1ª Divisão do Baianão 2014 e disputarão o título da Segundona 2013. Além disso, campeão e vice terão o direito de disputar a Copa Governador do Estado.

Outra novidade diz respeito ao descenso. Neste ano, não haverá rebaixamento, mas as equipes que terminarem o Estadual na lanterna de cada grupo terão que se submeter à disputa do Torneio Seletivo para voltarem a participar da Segunda Divisão em 2014. No total, serão 46 jogos, com cada clube disputando o mínimo de oito e o máximo de 12 confrontos.

Durante o encontro, também foram debatidos temas referentes à captação de recursos de patrocínio e visibilidade de transmissão televisiva. Segundo o presidente da FBF, Ednaldo Rodrigues, o objetivo é mostrar para todo o estado a importância da competição.

“Iniciamos conversas para termos apoio do Governo do Estado. Também iniciamos negociação com a TV Record, que demonstrou interesse na transmissão das partidas. Queremos mostrar para toda a Bahia que a 2ª Divisão é tão importante quanto a 1ª. Teremos na disputa vários clubes campeões baianos e finalistas de competições das duas divisões”, destacou o dirigente.

Já entre os clubes, as expectativas para a disputa são as melhores possíveis. Estreante e caçula do certame, o Flamengo de Guanambi, segundo seu presidente, Washington Lucas, entra na competição para surpreender e conquistar o título.

“Estamos confiantes de que podemos vencer e subir para a elite do Baianão. Contratamos Elias Borges e toda sua comissão técnica e estamos montando um elenco competitivo. A cidade está ansiosa para o início do torneio e posso garantir que teremos bons públicos, sempre com casa cheia”, disse.

Já o presidente do Jequié, Jorge Nery, revelou que o elenco já iniciou a preparação para o campeonato. “Emprestamos nosso técnico, Paulo Sales, para a Juazeirense, mas começamos os trabalhos na última segunda-feira (25). Temos um elenco com 15 jogadores da temporada passada e vamos buscar novos reforços. Já fora de campo, estamos buscando o apoio da Prefeitura Municipal”.

Além de Ednaldo Rodrigues marcaram presença no Conselho Técnico o vice-presidente da FBF, Manfredo Lessa; o presidente da CEAF-BA, Wilson Paim; a diretora técnica da FBF, Taíse Galvão e o diretor de registros da entidade, Ricardo Nonato.

Representando os clubes compareceram os presidentes do Ipitanga, Renato Brás; do Galícia, Dario Rego; Ypiranga, Emerson Ferretti; Jequié, Jorge Nery; Flamengo de Guanambi, Washington Lucas; Colo-Colo, Walter Telles; Astro, Fernanda Ribeiro; Camaçari, Fernando Lopes e os diretores do Itabuna, Gabriel Silva, e Catuense, Maria Aparecida Pena.

Também participaram da reunião outros dirigentes dos clubes e profissionais da imprensa esportiva da Bahia.

Fotos: Marcos Mendonça / FBF
Fonte: FBF