Esporte News

Vitória joga mal e perde por 2 X 0 para o ASA

Gramado ruim, arbitragem ruim, atuação ruim. Esses foram alguns dos elementos da primeira derrota do Vitória na temporada 2013. Na noite desta quarta-feira (30), o último time 100% do Nordestão caiu. O Rubro-negro acabou sendo derrotado pelo ASA por 2 a 0, em Arapiraca, no estádio Coaracy Fonseca. Léo Gamalho aproveitou vacilos da defesa do Leão e marcou os dois gols da partida.
Apesar do resultado, o Vitória segue na liderança do Grupo C, com nove pontos conquistados. O ASA, que não tinha marcado um ponto sequer antes, chegou a três, mas se mantém na lanterna da chave. América-RN (2º) e Salgueiro (3º) têm seis cada. Na próxima rodada, o Leão encara o Salgueiro, em Pernambuco. A partida acontecerá às 16h de domingo (3). Já o ASA enfrentará o América-RN no sábado (2), às 18h30.
O jogo - O Rubro-negro começou a partida em busca do gol. Logo aos dois minutos, o atacante Marcelo Nicácio arriscou de fora da área e a bola passou à direita da meta do goleiro Gilson. A resposta do ASA não demorou a vir. No minuto seguinte, Rodrigo Dantas invadiu a área e sofreu pênalti cometido pelo goleiro Deola, mas o árbitro Cláudio Francisco não marcou. Só que a bola acabou sobrando para Léo Gamalho, que não desperdiçou e abriu o placar.
Aos nove, Gamalho quase ampliou. Ele dominou a bola livre na grande área do Vitória e chutou forte, mas direita da meta de Deola. A zaga do Leão vacilou mais uma vez, mas contou com a sorte. O Leão tentou de novo com Nicácio aos dez. Ele tabelou com Renato Cajá e recebeu na área, mas chutou mal, por cima do gol de Gilson. Aos 12, Mansur fez boa jogada individual, deixou dois para trás e mandou a bola à direita do gol.
Depois de sofrer pressão, o ASA reagiu. Aos 15, Léo Gamalho cruzou, Didira deixou a bola passar e Rodrigo Dantas chutou para grande defesa do goleiro Deola. Aos 28, o Leão cheou perto do empate, mas Gilson salvou a equipe da casa. Nicácio cabeceou bem após cruzamento da esquerda, mas o arqueiro do ASA fez grande defesa.
Na volta do intervalo, o zagueiro Gabriel Paulista perdeu uma grande chance de empatar o jogo. Aos dois, ele pegou sobra dentro da área do ASA e, livre de marcação, chutou a bola para fora. A "gentileza" foi devolvida pelo volante Marcus Vinícius, que fez algo semelhante aos cinco minutos da etapa final. Só que a sorte não ajudaria toda hora e Deola foi acionado aos 14. Ray arriscou de fora da área e o camisa 1 rubro-negro fez outra excelente intervenção.
Mas aos 15, após bate-rebate na grande área do Leão, Léo Gamalho mais uma vez aproveitou a oportunidade e marcou o segundo gol do ASA na partida. O Vitória correu atrás do resultado. Em cobranças de falta, Marcelo Nicácio esbarrou no travessão e Renato Cajá em bela defesa de Gilson. O goleiro do time alagoano ainda fez outra defesa difícil aos 32, quando Marquinhos deu uma cabeçada forte na bola. Neto Coruja ainda foi expulso antes do apito final por falta dura.
Por: Ibahia