Esporte News

Nova diretoria do Galícia acredita no acesso em 2013

Fora da primeira divisão do futebol baiano desde 1999, o Galícia completou 80 anos nesta terça-feira (1º), mesmo dia em que o clube mudou a direção. Único candidato na eleição, o novo presidente, Dario Rego, ficará no cargo até 31 de dezembro de 2015 e diz confiar nas pessoas que trabalham para o clube.

- O relacionamento é muito bom com Raimundo Nonato Reis [ex-presidente e atual presidente do Conselho Deliberativo] e com o Conselho Deliberativo, tanto que fui eleito por aclamação. Vamos buscar novos sócios e resgatar a torcida galiciana – confia Dario, que acredita ter a fórmula para o acesso do clube à primeira divisão do estadual após quase uma década e meia.

- A gente fechou uma diretoria muito forte, 20 diretores, congregamos todos os galicianos e estamos em busca de patrocínio. Vamos mesclar jogadores da nossa base com os mais experientes, que vão ser contratados de outros estados para podermos fazer um time bem forte e competitivo – completou Dario.

Presidente por dois mandatos na gestão que terminou nesta segunda-feira (31), Raimundo Nonato Reis enxerga dificuldades em ser da capital em um torneio dominado por times do interior [a outra equipe de Salvador é o Ypiranga], mas espera superar os desafios no novo cargo, o de presidente do Conselho Deliberativo, órgão responsável por fiscalizar, por exemplo, as contas do clube.

- O Galícia vai manter quase tudo. O que acontece com times da segunda divisão [do Baiano] é horrível, hoje em dia diretor nenhum coloca dinheiro no clube, a arrecadação tem que vir de patrocínios, então os clubes são deficitários, principalmente os da capital, porque não têm apoio de prefeitura. Para conseguir patrocínio, só com muita amizade mesmo. Até Bahia e Vitória tem dificuldade – reflete Raimundo Nonato Reis.

Por: Bahia Notícias