Esporte News

Laudo define a volta do Feirense a Senhor do Bonfim

A volta do Feirense ao seu reduto - Feira de Santana - deve ser mesmo fugaz. Mal fez um jogo no Jóia da Princesa, pela Copa do Nordeste, e o time gameleiro está de malas prontas para voltar a Senhor do Bonfim, onde fez base durante a temporada passada. O único senão é a liberação do Estádio Pedro Amorim para jogos do Nordestão, pois os dirigentes aguardam os laudos da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) liberando a praça esportiva.
 
O namoro entre o Feirense e a prefeitura de Senhor do Bonfim é antigo: o clube foi para e fez uma bela temporada, foi terceiro colocado no Campeonato Baiano e mandou os jogos do Campeonato Brasileiro da Série D, sempre tendo boa presença de público no estádio. O retorno para Feira de Santana em 2013 se deu muito mais pela questão da Copa Nordeste, mas, depois de insistentes pedidos e uma proposta considerada irrecusável, a Águia está de malas prontas para voltar ao ninho de outrora.
 
O prefeito Edvaldo Correa ofereceu uma proposta de R$ 140 mil reias, mais hospedagem, alimentação e a liberação do Estádio Pedro Amorim para treinamentos do clube. O próprio presidente do Feirense, Dílson Carneiro Gamela, como certa a ida da equipe para Senhor do Bonfim e depende agora da inspeção de engenheiros da CBF no Estádio Pedro Amorim para saber se a praça esportiva tem condições de receber as partidas da Copa do Nordeste e Campeonato Baiano. "Está tudo certo. Vamos voltar para Senhor do Bonfim. Antes, precisamos do laudo da CBF para a liberação do estádio. Liberando, a gente vai de imediato, mas se isso não acontecer a prefeitura irá fazer os ajustes necessários", disse

A informação foi recebida com entusiasmo pelo técnico Duzinho. De acordo com o comandante do Tricolor do Sertão, a mudança é benéfica. "Temos um campo bom para treinar em Senhor do Bonfim. O estádio fica à disposição da gente o tempo todo. Em Feira de Santana temos problemas para treinar. Além disso, a população acolheu bem o Feirense”, comentou.
 
O Feirense jogou na noite de ontem em Maceió/AL contra o CRB e hoje viajou para Recife/PE onde enfrenta no sábado o Santa Cruz/PE e depois retorna para a Bahia. Se o campo for liberado, a delegação deve seguir para Senhor do Bonfim, que a expectativa de todos é que o jogo contra o Santa Cruz, no dia 30 de janeiro, seja no Estádio Pedro Amorim.

Por: Folha do Estado