Esporte News

A Bahia ganha mais um clube, "Flamengo de Guanambí"

O futebol baiano ganhou mais um filiado à Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Mais novo clube do país, o Clube Esportivo Flamengo de Guanambí, teve seu certificado de profissionalização expedido pela entidade nacional.

O presidente da agremiação, Washington Lucas e o diretor comercial Valmir Oliveira receberam das mãos do presidente da Federação Baiana de Futebol (FBF), Ednaldo Rodrigues o documento emitido pela CBF. Agora, o Flamengo poderá participar de competições oficiais de futebol profissional.

E os primeiros passos do clube já têm data para serem dados. No dia 28 de abril de 2013, o Rubro-Negro de Guanambí estreará na 2ª Divisão do Baianão 2013.

Mesmo com poucos meses de fundado, o time guanambiense já lutará por uma das vagas na elite do futebol baiano em 2014. Porém, enganam-se quem pensa que foi tarefa fácil colocar a agremiação em atividade.

O diretor comercial Valmir Oliveira destacou os esforços feitos pelas pessoas envolvidas no projeto. "Lutamos muito para atender todos os requisitos exigidos pela CBF. Estamos preparando tudo dentro do prazo, montando diretoria e o time. O povo de Guanambí vai gostar do nosso trabalho. Já vamos lutar para em 2014, se Deus quiser, estarmos na primeira divisão do Baianão", disse. 

o presidente anunciou, em primeira mão, o primeiro contratado do clube, que será responsável por comandar a equipe no estadual. "Fechamos com o Elias Borges, ex-Vitória da Conquista. Ele será nosso treinador e chega com toda a sua comissão técnica. Juntos buscaremos jogadores da região e também de fora do estado", revelou Washington Lucas.

  reconhecido clube profissional, o Flamengo de Guanambí agora luta por outras conquistas fora de campo. "Vamos partir para a busca de patrocinadores. tínhamos algumas empresas em contato, mas elas estavam aguardando nossa certificação junto à CBF. Agora que temos o certificado em mãos, esperamos acertar com novos parceiros. Além disso, vamos contar também com a Prefeitura de Guanambí, que vem nos dando um apoio forte neste projeto", concluiu Oliveira.
 
FONTE: Com Informação da FBF