Esporte News

Sub-20 do Bahia perde por 2X0 para o Atlético-MG

 
Com um Independência lotado, o Atlético-MG venceu o Bahia por 2 x 0 nesta noite de terça-feira, pelo primeiro jogo das semifinais da Copa do Brasil Sub-20. Com este resultado, o tricolor vai precisar, na próxima terça, às 19h30 (horário da Bahia), dentro do Pituaçu, vencer os mineiros pelo mesmo placar para levar o confronto para os pênaltis.
 
A primeira grande jogada do jogo foi para o tricolor. Aos 13 minutos, o meia Fábio fez excelente lance individual, partiu com velocidade até a intermediária e tocou para Rafael Gladiador, que tocou por cima do goleiro Paulo Victor, errando o alvo.
 
Dois minutos depois foi a vez do Galo levar perigo ao gol de Renan. Em cobrança de escanteio, a bola ficou na cabeça de Souza, que testou firme, para a bela defesa do arqueiro tricolor, que salvou o tricolor.
 
Aos 18, em mais um lance de bola parada, o alvinegro mineiro por pouco não abriu o marcador dentro de casa. Após cruzamento da direita, Souza tentou novamente, mas a zaga baiana conseguiu afastar.
 
Melhor em campo, os mandantes partiram com tudo para cima dos baianos e criaram a melhor chance do confronto, até então, aos 23. Depois de ótima jogada pela direita, a bola sobrou nos pés de Carlos, que chutou rasteiro, tirando tinta da trave de Renan.
 
Ainda insistindo em jogadas de bolas paradas, o Galo ficou perto do primeiro gol mais uma vez aos 26. O lateral Roger cobrou escanteio da direita na cabeça do volante Rafael, que testou firme, mas o zagueiro baiano tirou em cima da linha.
 
E depois de tanto pressionar, o alvinegro tirou o zero do marcador aos 32. O volante Dodô deu uma de garçom na intermediária e rolou a bola para Paulinho, que bateu colocado, no canto do goleiro Renan, estufando as redes e fazendo a festa nas arquibancadas. 
Logo aos sete minutos, o Galo procurou o ataque e ficou perto de ampliar o placar no Independência. Roger, especialista em cobrança de faltas, cruzou na área e, após confusão, a bola sobrou para Souza, mas Renan conseguiu interceptar.
 
A partir dos 13, a situação do tricolor ficou pior. Com uma falta desnecessária, o volante Amorim recebeu o cartão vermelho. Na sequência do lance, o zagueiro Jesiel recebeu cruzamento e desviou de cabeça, no canto de Renan, no fundo das redes baianas.
 
Pressionado e sem muitas oportunidades no setor ofensivo, o tricolor chegou com perigo aos 20, em cobrança de falta. Anderson Talisca cobrou da direita e tentou surpreender o goleiro Paulo Victor, que conseguiu afastar.

FICHA TÉCNICA
Copa do Brasil Sub-20
Semifinal
Atlético-MG 2 x 0 Bahia
Local: Estádio Independência
Data: 27/11/2012
Árbitro: Renato Cardoso da Conceição (MG)
Auxiliares: Pablo Almeida da Costa (MG) e Pedro Araújo Dias (MG)
Público: 12 mil pagantes

Atlético-MG: Paulo Victor; Jean Pablo (Thiago), Jesiel, Donato e Roger; Dodô (Henrique), Rafael, Lucas e Paulinho (Marcos Vinícius); Souza e Carlos. Técnico: Rogério Micale.

Bahia: Renan; Railan (George), Dudu, Maracas e Erick; Amorim, Anderson, Talisca e Fábio (Paulinho); Ryder e Rafael (Ítalo Melo). Técnico: Sérgio Araújo.
 
Por: Bahia Notícias