Esporte News

O Planejamento

Quem acompanha futebol, sabe que esse esporte não é um ato de justiça. Nem sempre os melhores vencem ou chegam na reta final. Mas na Copa Estado os deuses do futebol premiaram as duas melhores equipes com a vaga na decisão da competição.
 
Vitória da Conquista e Jacuipense enfrentaram adversários difíceis ao longo do certame até chegarem na final. Bicampeão da Copa Estado, o Bode quer mais que nunca garantir conquistar o tri e assim participar da cobiçada Copa do Brasil e assim apagar o desempenho pífio na Série D. Já o Jacuipense, de volta ao cenário do futebol baiano após 16 anos, vem fazendo bonito. Conquistou o acesso e chegou a segunda final em menos de seis meses.
 
Quais são as semelhanças entre as duas agremiações? Organização e bom planejamento. O Vitória da Conquista possui a base da equipe que disputou o Campeonato Baiano. Foram substituídas apenas algumas peças. O mesmo acontece com o Jacuipense. Cerca de 95% do time que disputou a segunda divisão se encontram lá.
 
Além disso, não demitem a comissão técnica na primeira crise. Elias Borges deixou o Conquista depois de um bom tempo no comando do clube e com um bom desempenho. Alguns problemas extracampo e de relacionamento com os atletas, contribuíram com a sua saída, mas ele ficou quase oito meses no clube. Enquanto Rodrigo Chagas, decidiu sair para participar de outro projeto e passou o bastão para o seu auxiliar Ueslei Pitbull, que foi efetivado e vem dando conta do recado. Que o exemplo fique para outras agremiações do futebol baiano.
 
Por: Bahia Notícias