Esporte News

Vitória tem a obrigação de vencer o Boa

O Vitória já ocupa a liderança da Série B há seis rodadas, com quatro pontos de vantagem para o vice Criciúma e dez para o quinto Atlético-PR. Porém, a sequência de três jogos sem triunfos, a maior nesta Série B, já começa a incomodar. Portanto, um resultado positivo nesta terça-feira, no Barradão, contra o Boa Esporte, vem sendo encarado como obrigação entre os rubro-negros.
 
Dentre as 23 rodadas disputadas até aqui, o Vitória havia ficado apenas duas em sequência sem conquistar um triunfo, quando empatou com o São Caetano no ABC e logo depois perdeu para o Bragantino no Barradão – seu único revés como mandante na competição. Agora, a situação é pior: são três jogos sem vencer, sendo todos empates, contra América-RN, Criciúma e Ipatinga-MG.
 
 
“Não gosto de queimar gordura. Prefiro acumular. Temos que trabalhar para corrigir aquilo que acho que está errado para terminar o campeonato bem. Não podemos vacilar. A Série B é muito perigosa”, alertou Paulo César Carpegiani, que prevê uma partida bastante difícil para o Vitória, apesar da enorme diferença de pontos entre as equipes (50 do Vitória contra 28 do Boa).
 
“O time deles é muito rápido. Verdade que estão no meio da tabela, mas prefiro jogar um clássico do que pegar partidas assim. Tudo fica muito perigoso. Mas temos que entrar em campo e nossa obrigação dentro de casa é ganhar”, acrescentou o técnico, que terá a volta do zagueiro Victor Ramos. Esta, aliás, será a única mudança em relação ao time que empatou com o Ipatinga. Ele ganha a vaga de Rodrigo.
 
Para voltar a vencer, porém, o Vitória certamente não terá vida fácil. Apesar da 14ª colocação, o Boa Esporte vem de duas vitórias seguidas – contra o ABC, por 2 a 1, fora de casa, e sobre o Bragantino, por 3 a 0, no estádio Melão – e ainda busca mais pontos para afastar de vez o risco de rebaixamento.
 
 
"Com certeza vamos encontrar problemas na partida, mas o Boa Esporte provou que tem qualidades e pode fazer um bom jogo, mesmo jogando na casa deles. Claro que se tratando de enfrentar o líder, a possibilidade de um empate não pode ser descartada, mas o nosso objetivo e somar pontos, a gente sabe da importância de se livrar o rebaixamento o mais rápido possível”, declarou o atacante Vanger.
 
 
Para esta partida, o técnico Sidney Moraes não poderá contar com o artilheiro Marcelo Macedo. Expulso diante do ASA, o atacante cumprirá suspensão automática. O favorito a ficar com a vaga é Francismar, já que Jonatas Obina esteve a serviço da seleção de Guiné Equatorial até esta segunda-feira.
 
 
VITÓRIA X BOA ESPORTE

Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA)
Data: 11/09/2012 (terça-feira)
Horário: 19h30
Árbitro: Dewson Fernando Freita da Silva (PA)
Auxiliares: Lúcio da Silva de Mattos (PA) e Ailton Farias de Silva (SE)


Vitória
Deola; Nino Paraíba, Gabriel Paulista, Victor Ramos e Gilson; Uelliton, Michel, Pedro Ken e Tartá; Elton e William.
Técnico: Paulo César Carpegiani
 
 
Boa Esporte
Gabriel Leite; Robert, Gabriel, Carciano e Olívio; Everton, Radamés, Petros e Francismar; Fernando Caranga e Vanger
Técnico: Sidney Moraes

 
Por: Uol Esportes